Lua de Morango e outros eventos astronômicos que estarão no céu em junho

A olho nu ou com ajuda da tecnologia, eventos como aproximação de Saturno poderão ser vistos no céu em junho

Postado em: em Meio Ambiente

O mês de junho acabou de começar e o universo já conspira a favor dos admiradores de eventos astronômicos. Muitos deles poderão ser observados no céu brasileiro, inclusive a olho nu. Outros acontecerão no Hemisfério Norte, e esses só poderão ser observados com ajuda da tecnologia.

Um dos primeiros eventos que aparecerá no céu neste mês é a Lua Nova, que acontece dia 13 de junho. Esse posicionamento da Lua significa que ela está do mesmo lado da Terra e do Sol, ficando invisível durante a noite. Com isso, outras partes do universo poderão ser observadas, como corpos celestes, galáxias e grupos de estrelas que, neste momento, estarão visíveis a olho nu.


No dia 19, o Asteroide 4 Vesta, que é o segundo maior asteroide do Sistema Solar, com 530 km de diâmetro, estará posicionado na constelação de Sagitário. Para conseguir vê-lo será preciso usar binóculos e telescópios.

O Solstício de Inverno acontecerá no dia 21 de junho, quando o inverno chega ao Hemisfério Sul. O evento acontece por conta da nossa posição no planeta e da inclinação do eixo da Terra. Este será o dia com menor período de claridade do ano no Hemisfério Sul.

A passagem da Estação Espacial Internacional poderá ser observada entre os dias 19 e 24 de junho, junto com outros astros do Sistema Solar, já que estará a uma distância média da Terra de 345km.

Se você sempre quis ver uma chuva de meteoros, sua chance estará no céu no próximo dia 26 de junho, quando a Alfa Capricornídeos atingir o seu máximo. Ela está associada ao cometa 169P/NEAT e pode ser observada todos os anos, normalmente, entre os meses de junho e agosto.


Seu sonho sempre foi conseguir ver o planeta Saturno? A chance acontece no dia 27, quando o astro fará sua maior aproximação em direção à Terra e, iluminado pelo Sol, ele deve aparecer muito brilhante e visível.

Enfim, dia 28 chega com a Lua de Morango, uma Lua Cheia que estará localizada junto ao Sol, do lado oposto da Terra e que recebeu esse nome por motivos culturais e não astronômicos: sua aparição marcava o momento em que as frutas estavam maduras e começavam a ser colhidas pelas tribos indígenas americanas.



Artigos Relacionados