Tragédia com mortes em Capitólio é notícia no mundo inteiro, até na Rússia e China

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 9 de janeiro de 2022 às 12:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Assim como a tragédia na gruta de Altinópolis, a ocorrência no remanso da represa de Furnas, em Capitólio, rodou o mundo todo

Remanso da represa de Furnas onde ocorreu o desabamento do paredão

O conceito anunciado pelo filósofo canadense Marshall McLuhan, em 1969, de que o mundo estava se transformando numa aldeia global, pode ser comprovada com a tragédia na represa de Furnas, em Capitólio, em que uma falésia se desprendeu sobre lanchas, matando cinco pessoas e deixando muitas feridas.

Além de ser notícia em todo Brasil, a tragédia foi noticiada no mundo inteiro. Três horas depois da ocorrência, a notícia estava sendo divulgada na Rússia.

Notícia divulgada por um veículo de comunicação russo

Tradução da notícia divulgada no site russo

Pouco depois, a imprensa chinesa também divulgava a notícia com riqueza de detalhes, informações dos bombeiros, fotos da região e vídeos mostrando o momento da queda.

Em menos de seis horas, a notícia da queda de parte do paredão na represa de Furnas já tinha dado a volta ao mundo, com riqueza de detalhes.

Notícia da tragédia de Capitólio divulgada por site chinês.

 

Tradução da notícia publicada no site chinês.