Conheça 6 sinais de envelhecimento facial que vão além das rugas

  • Dayse Cruz
  • Publicado em 23 de julho de 2022 às 12:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A ruga pode ser o sinal mais evidente do envelhecimento facial, mas não é o único e nem o mais incômodo

envelhecimento

Sinais de envelhecimento da pele do rosto vão muito além das rugas

 

A ruga pode ser o sinal mais evidente do envelhecimento facial, mas não é o único.

Segundo especialistas, o amadurecimento da pele pode ser identificado de maneiras igualmente (ou até mais) expressivas.

“Muitos pacientes atribuem seus rostos envelhecidos a alguma linha de expressão. Porém, em determinados casos, outras alterações têm um impacto consideravelmente maior. Por isso, a ajuda médica é fundamental”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Ao lado de outros especialistas, o profissional listou seis sinais pouco conhecidos, mas muito incômodos, do envelhecimento facial.

Perda do volume

Com o envelhecimento, é comum perder também os compartimentos de gordura da pele, o que afeta o volume facial.

“A perda de gordura na face também leva ao surgimento de mais rugas, pois a pele não tem capacidade para se retrair quando perde o que está debaixo de si e, quanto mais idade a pessoa tem, pior é a capacidade dela de recuperação”.

“As rugas podem aparecer ou ficar ainda mais pronunciadas se já existiam”, argumenta o cirurgião plástico Mário Farinazzo, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Nesses casos, os preenchedores são ideais para reverter o quadro.

“No caso das demarcações mais profundas, quando são muitas, a cirurgia das rugas [também chamada de ritidoplastia] pode trazer melhores resultados”, complementa o cirurgião.

Olheiras

A área dos olhos, por possuir uma pele mais fina, pode facilmente entregar a idade das pessoas. A principal alteração que surge nessa região e envelhece a pele, antes mesmo da formação de rugas, são as olheiras.

“As olheiras podem ser causadas por uma série de motivos, incluindo fatores estruturais, vasculares e pigmentares.

Porém, o mais comum é que a alteração seja causada pela soma de mais de um fator, o que é chamado de olheira mista”, diz a dermatologista Paola Pomerantzeff.

O tratamento dessas alterações, logo, vai depender da causa da olheira, podendo incluir preenchedores de ácido hialurônico, luz pulsada e peelings.

Manchas

Não há dúvida de que, além das rugas, as manchas também são capazes de envelhecer a pele.

“Elas podem surgir até mesmo em pacientes mais jovens, por conta da exposição solar sem a adequada proteção”, diz Abdo.

Para tratá-las, o laser Pico Ultra 300 representa um avanço em lasers. Ultrarrápido, ele trabalha com pulsos em picossegundos.

Cicatrizes de acne

As cicatrizes de acne, que podem surgir mesmo após o tratamento adequado das espinhas, podem modificar drasticamente a textura da pele, conferindo ao rosto um aspecto áspero e envelhecido.

“Isso acontece porque as glândulas que originam as espinhas estão na derme profunda, assim como as fibras de colágeno e a elastina”.

“Logo, existe o risco de a acne comprometer essas fibras e, consequentemente, a arquitetura da pele, gerando cicatrizes profundas que conferem uma textura irregular ao tecido cutâneo”, explica Abdo.

A alteração pode ser combatida por meio do uso de tecnologias como o Eletroderme, que estimula e reorganiza o colágeno da pele ao unir a radiofrequência ao microagulhamento robótico.

Vasinhos no rosto

Grande parcela da população sofre com um problema complicado na região facial, uma vez que confere sensação de envelhecimento e é difícil de camuflar com a maquiagem: os vasinhos no rosto, cientificamente chamados de telangiectasias.

“A própria coloração das veias e também o calibre delas, geralmente são finas, fazem com que dificilmente ocorra uma boa cobertura com maquiagem”, elucida a cirurgiã vascular Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (Sbacv).

Além da predisposição genética, maus hábitos como exposição excessiva ao sol e até o uso demasiado de peelings químicos podem desencadear o problema.

Para tratá-lo, o indicado é render-se ao laser Nd Yag 1064 ou a aparelhos de luz pulsada.

Ponta nasal caída

Quando a ponta nasal cai por conta da idade, isso pode conferir um aspecto ainda mais envelhecido ao rosto – e uma rinoplastia pode ajudar.

“A cirurgia do nariz também pode ter um efeito anti-idade, segundo um estudo publicado no começo do ano passado no periódico Aesthetic Surgery Journal”.

“Esse é um procedimento que a maioria das pessoas não considera como uma ferramenta para o rejuvenescimento, mas essa pesquisa mostrou que a rinoplastia, ou cirurgia plástica do nariz, pode fazer uma mulher parecer até três anos mais jovem”, afirma o cirurgião plástico Paolo Rubez.

O estudo, liderado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, usou um tipo de inteligência artificial conhecida como aprendizado de máquina.

“Até agora, havia pouca ou nenhuma evidência científica objetiva para o efeito rejuvenescedor da rinoplastia. Essa tecnologia chegou para mudar o cenário, reconhecendo padrões e características do envelhecimento além do que o olho humano pode perceber”, complementa o especialista.

A rinoplastia envolve alterações estruturais no osso e na cartilagem por meio de pequenas incisões no nariz e, quando necessário, ao redor da narina, enquanto o paciente está sob anestesia geral.

*Informações Metrópoles


+ Beleza