A hora é agora: Caixa vai fazer Feirão Digital e financiar até 100% de 6 mil imóveis

  • Teo Barbosa
  • Publicado em 8 de junho de 2021 às 17:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Os imóveis do leilão poderão ser financiados integralmente, sem cobrança de parcela de entrada, com carência de até seis meses para início do pagamento.

No Feirão Digital da Casa Própria a Caixa Federal pode financiar até 100% do valor do imóvel, sem precisar da entrada de 20%

A Caixa Econômica Federal anunciou na segunda-feira (7) o 1º Feirão Digital da Casa Própria, que terá imóveis com possibilidade de financiamento total, ou seja, de 100%, sem pagamento de entrada e com carência de até 6 meses para iniciar o pagamento das prestações.

O feirão será realizado de 25 de junho a 4 de julho. Serão oferecidos cerca de 180 mil imóveis em todo o país, com a participação de mais de 600 construtoras, de acordo com a Caixa.

Plataforma do evento

A Caixa informou que os imóveis poderão ser escolhidos na plataforma do evento, onde é possível fazer a simulação do financiamento e ser atendido por um correspondente do banco por meio do chat.

Dos imóveis ofertados no feirão, cerca de 6 mil deles são próprios da Caixa e terão condições especiais de financiamento.

Eles poderão ser financiados integralmente, sem cobrança de parcela de entrada, com carência de até 6 meses para início do pagamento.

Taxas de juros

Para estes imóveis da Caixa, os contratos terão taxas a partir da TR + 2,50% + remuneração da poupança.

Em fevereiro, a Caixa lançou uma nova linha de crédito imobiliário com juros ligados à remuneração da poupança, mais um percentual variável.

Isso representa taxas a partir de 3,35% ao ano, somadas à remuneração da poupança, com o saldo devedor atualizado mensalmente pela Taxa Referencial de Juros (TR).

Novos e usados

Disponível para modalidades de imóveis novos, usados, construção e reforma, essa linha tem prazo máximo de financiamento de 420 meses (35 anos), com quota de até 80%.

É permitida portabilidade de financiamento realizado com outros bancos.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, essa linha “já representa mais de 40% de todas as contratações imobiliárias” do banco com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) feitas este ano.