Casa própria: Feirão online da Caixa tem mais de 180 mil imóveis à venda, aproveite!

  • Dayse Cruz
  • Publicado em 23 de junho de 2021 às 20:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Cerca de 6 mil imóveis usados de posse do banco terão condições especiais, como carência de seis meses nas parcelas e tarifas reduzidas

Segundo o banco, estarão disponíveis mais de 180 mil ofertas

 

Entre os dias 25 de junho e 4 de julho, a Caixa vai realizar um feirão virtual de imóveis.

Segundo o banco, estarão disponíveis mais de 180 mil ofertas, todas com possibilidade de financiamento e algumas com condições especiais.

Esta é a primeira vez que a Caixa faz um feirão em que todo o processo de compra, simulação e atendimento é feito de forma online.

A previsão é que 600 construtoras participem do evento.

Entre as opções que contam com condições especiais, 6 mil imóveis usados, de propriedade da instituição, contarão com carência de seis meses nas parcelas, além de tarifas reduzidas.

Como participar

O primeiro feirão digital será realizado na página exclusiva da Caixa. Além de escolher e simular o imóvel, os interessados ainda poderão conversar com as incorporadoras imobiliárias e efetivar a compra pela plataforma.

No caso de financiamentos, a solicitação também será feita pelo site, com apresentação dos seguintes documentos:

– Documento oficial de identificação;

– Comprovante de renda atualizado, emitido no máximo há dois meses;

– Última declaração do Imposto de Renda e recibo de entrega à Receita Federal (se for usar o FGTS);

– Carteira de Trabalho ou Extrato de FGTS (se for usar o FGTS);

Previsão é de R$ 1,2 bi em crédito

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a expectativa é que sejam concedidos mais de R$ 1,2 bilhão em financiamentos neste feirão.

Desse montante, o executivo destaca que cerca de R$ 210 milhões devem ser destinados aos imóveis que se enquadram nas condições especiais, que são os que foram retomados pelo banco após inadimplência dos antigos donos.

*Informações CNN