Vereador do PL, Carlinho Petrópolis Farmácia, quer fortalecer mandato em 2021

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 30 de novembro de 2020 às 20:26
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 10:03
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Parlamentar teve no PL apoio político e quer fortalecer ações através do trabalho da deputada Graciela

Carlinho foi um dos poucos vereadores a ter um gabinete fora da Câmara Municipal e atuar com uma assessora parlamentar e ter ainda apoio de uma jornalista nas suas divulgações de trabalho

Após se transferir para o PL e ganhar apoio da deputada estadual Delegada Graciela, o vereador Carlinho Petrópolis Farmácia, que fez aniversário no dia 30 de novembro, comemora seus 2.577 votos nas urnas.

O parlamentar que alcançou a reeleição iniciará seu segundo mandato em 1º de janeiro de 2021. E no seu plano de trabalho está o setor da saúde.

Carlinho foi um dos poucos vereadores a ter um gabinete fora da Câmara  Municipal e atuar com uma assessora parlamentar e ter ainda apoio de uma jornalista nas suas divulgações de trabalho.

Segundo ele, o setor da saúde é o que mais apresenta problemas no município de Franca. Por isso, continuará procurando apoio da deputada estadual Delegada Graciela e também junto a Câmara Federal para intermediar a vinda de recursos para Franca e, assim, possibilitar a implantação de mais leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), contratação de mais médicos e realização de novas cirurgias eletivas. 

O parlamentar agradeceu o apoio do PL e revelou que outras áreas terão prioridade. 

“Sabemos a necessidade de mais vagas de creches e de escolas em período integral. Muitas pessoas precisam trabalhar e não têm onde deixar as crianças. As praças também precisam ser melhor cuidadas, com iluminação e Academias ao Ar Livre. Um setor que também defendemos muito é o da construção civil, o que mais gerou empregos nos últimos anos em Franca. Os processos demoram bastante e precisamos ampliar esse atendimento na Prefeitura, assim como atualizar o Plano Diretor e do Código de Obras e Posturas, que são muito atrasados”, finalizou.