Tomar líquidos enquanto come, realmente engorda? Saiba se isso é mito ou verdade

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 18 de setembro de 2021 às 21:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Brasileiro tem por hábito comer com um copo ao lado, seja com cerveja, refrigerante ou até mesmo com água

Brasileiro tem por hábito comer com um copo ao lado, seja com cerveja, refrigerante ou até mesmo com água

Uma das coisas que mais se escuta quando se está de dieta é para não tomar líquidos durante as refeições.

Você certamente já ouviu isso, não é mesmo? E será que, de fato, engorda? Independente do líquido – seja água, suco, chás ou refrigerante – a ingestão é contraindicada.

Segundo a nutricionista Bruna Neuhauss, o consumo de líquidos durante a refeição pode trazer problemas de digestão e mal estar, como azia, refluxo, gases, distensão abdominal.

“O líquido favorece a diluição do ácido clorídrico, que é necessário para que ocorra uma boa digestão”, explica.

Para que isso não ocorra, a especialista recomenda a hidratação no mínimo 30 minutos antes das refeições ou 30 minutos depois. Mesmo água não é indicado, bem como os chás para efeito digestivo só devem ser consumidos depois desse prazo.

Refrigerantes e sucos também não são indicados e ainda acrescentam calorias às refeições.

Por que?

O hábito de beber enquanto come pode dilatar a musculatura do estômago depois de um período, porque o líquido ocupa parte do espaço dos alimentos e isso naturalmente distende o órgão.

Com o volume estomacal maior, a pessoa pode ter mais dificuldade de se saciar, ingerindo mais calorias e, consequentemente, ganhando peso.