Não beba chá ou café em um avião! Comissária revela motivo indigesto

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 27 de janeiro de 2021 às 08:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Profissional viralizou na web com a dica, e estudos comprovam que é mais seguro optar por bebidas em lata ou engarrafadas

Comissária conta a verdade sobre chá e café servidos em aviões e viraliza

Comissária conta a verdade sobre chá e café servidos em aviões e viraliza

 

Nada melhor que um café depois do almoço durante o voo, ou quem sabe uma xícara de chá para acalmar os nervos?

Caso você seja do time que sempre pede bebidas quentes no avião, saiba que provavelmente deveria repensar esse hábito.

O assunto viralizou recentemente nas redes sociais quando a comissária de bordo Kat Kamalani divulgou alguns vídeos sobre o que acontece por trás das cortinas nas aeronaves.

Intitulado “Não coma essas coisas em um avião”, o vídeo mais recente de Kat chama a atenção para a água servida durante os voos e acumula mais de 2 milhões de visualizações.

Ela aconselha os espectadores a beberem apenas itens engarrafados em viagens aéreas. O motivo é, principalmente, a higiene.

“Regra número um: nunca consuma qualquer líquido que não esteja em uma lata ou garrafa”, disse ela no vídeo, explicando que “os tanques de água nunca são limpos e, por isso, são nojentos”.

A informação, segundo Kat, é bastante difundida entre os comissários.

Ela disse que eles quase nunca bebem café ou chá nos aviões, porque eles são feitos com a mesma água quente das máquinas, aquelas que “raramente são limpas a menos que estejam quebradas”.

Além disso, os dispositivos ficam bem próximos aos banheiros.

Comprovação científica

O assunto não é apenas “senso comum” entre os funcionários de companhias aéreas.

Especialistas do NYC Food Policy Center, da Hunter College, uma faculdade de Nova York, nos Estados Unidos, examinaram a qualidade da água e o valor nutricional dos lanches oferecidos por 11 grandes companhias aéreas, em 2019.

De acordo com a pesquisa, os tanques de água dos aviões não são limpos com frequência.

Entre as conclusões, o estudo observou que a água das aeronaves pode conter coliformes fecais, assim como salmonelas e alguns insetos.

Das 10 principais companhias aéreas estudadas, sete receberam uma pontuação inferior a 3 (que representa nota mínima para a água própria para beber), de acordo com o estudo.

Outra recomendação da pesquisa é não lavar as mãos após utilizar os banheiros.

Invista em álcool em gel, que deve estar sempre a mãos, assim como em outros tipos de desinfetantes específicos para esse tipo de limpeza.

*Com informações Metrópoles


+ Curiosidades