Luísa Sonza, Anitta e Pabllo lançam parceria e falam em ‘Modo Turbo’

  • Salvador Netto
  • Publicado em 22 de dezembro de 2020 às 21:59
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:24
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Em ‘Modo Turbo’, a cantora traz elementos já conhecidos do seu trabalho

(Fernanda Pereira Neves – Folhapress) – Após um ano movimentado, com recordes, polêmicas e até um divórcio, a cantora Luísa Sonza, 22, lançou, na noite de segunda-feira (21), a música “Modo Turbo”, seu último projeto previsto para o ano de 2020, ao lado de Anitta, 27, e Pabllo Vittar, 26, que ela classifica como duas de suas maiores “ídolas”.

“Três anos atrás eu estava fazendo cover delas e agora eu canto com elas. É uma pressão que vem com uma gratidão enorme. É um ‘Ai, meu Deus’, mas uma responsabilidade que todos gostariam de ter”, afirma Luísa, que apesar da sensação, hoje também é um dos nomes mais fortes do pop brasileiro.

Em “Modo Turbo”, a cantora traz elementos já conhecidos do seu trabalho, como a batida forte, o rebolado e o colorido. Dessa vez, no entanto, as três cantoras viram personagens de um game, com direito a roupas estilosas, armas e até superpoderes. Tudo seguindo o estilo anime, que Pabllo admite amar e tenta “empurrar” às colegas.

Luísa conta que se apaixonou pela batida na primeira vez que ouviu, e em um dia já tinha escrito a música com Rafinha RSQ, Arthur Marques e Diego Timbó. 

Anitta, que ouviu a canção apenas depois, conta que pediu para fazer parte do projeto de Luísa, sugerindo ainda o convite a Pabllo Vittar. Estava formada a parceria.

Apesar das três já terem trabalhado juntas, este é o primeiro feat entre Anitta e Pabllo desde que as duas se desentenderam em 2017 após a gravação do clipe de “Sua Cara”. 

Mas, segundo elas, nada de problema dessa vez. Por um grupo no Whatsapp Miss Bumbum (Luísa), Furacão (Anitta) e Mulher Tsunami (Pabllo) lapidaram todo o projeto.

Foram meses com Anitta mandando seus 50 áudios seguidos, Pabllo tentando apresentar animes às colegas. Já pessoalmente, era só dança e fofoca. 

“Foi super tranquilo, legal, fácil trabalhar com elas. Uma vibe sempre gostosa e tranquila”, afirma Luísa, reforçando que o clipe não é dela, mas das três.

Mas em meio a essa vibe, Anitta confessa que houve situações estranhas provocadas por ela mesma. “Eu me meto quando não sou chamada”, brinca. 

“Mas depois passa e eu lembro que o clipe não é meu. Mesmo com Luísa falando o tempo todo que era de todas. Depois me colocava no meu lugar de participação”, afirma Anitta.

“Modo Turbo” vem como o primeiro single do álbum que Luísa pretende lançar no primeiro semestre de 2021, mas também é uma catarse após um ano bastante complicado. 

Segundo a cantora, a ideia é levar um pouco de alegria e entretenimento às pessoas após “um 2020 de muito aprendizado e ressignificação para todos nós”.

Para Pabllo, acionar o “moto turbo” é necessário dia a dia. No caso dela, “para enfrentar preconceito, estigmas e rótulos”. Já Anitta complementa e diz que quem assistiu à série “Anitta: Made in Honório” (Netflix) vai ver que ela aciona o “modo turbo” o tempo todo para “aguentar as coisas que fazem com a gente nesse meio.”

Mas além da necessidade do momento, a nova música vem também como uma estratégia diferente para cada uma das cantoras. 

Enquanto Luísa afirma que era sua vontade para fechar o ano, Anitta aponta como uma forma de abastecer seus fãs enquanto a gravadora foca sua carreira no público internacional.

Para as cantoras, a música também pode ser um esquenta para o Carnaval. Mesmo que as festas estejam incertas ainda por causa da pandemia do novo coronavírus, elas afirmam que “Modo Turbo” tem a batida perfeita para ser o hit no Carnaval de 2021. “É uma mistura de afrobeat com funk que bem acelerado vira um axézão”, brinca Anitta.