Governo prevê um salário mínimo de R$ 1.088 para o ano que vem

  • Salvador Netto
  • Publicado em 15 de dezembro de 2020 às 16:31
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 11:41
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A revisão na projeção de salário mínimo se deve ao cálculo do reajuste, que considera a inflação

O governo elevou para R$ 1.088 a projeção de aumento do salário mínimo no próximo ano. Em agosto, a previsão do Ministério da Economia era que o piso salarial subisse do valor atual (R$ 1.045) para R$ 1.067.

Nesta terça-feira (15), o ministro Paulo Guedes (Economia) atualizou a estimativa, diante do aumento da inflação nos últimos meses.

A revisão na projeção de salário mínimo se deve ao cálculo do reajuste, que considera a inflação, sem previsão de ganho real. 

Diante de uma alta mais acelerada nos preços, o governo espera que o valor do salário mínimo seja maior do que o anunciado anteriormente.

Em abril, a estimativa era que o piso salarial fosse de R$ 1.079 no próximo ano. Depois, foi revista para R$ 1.067. O governo não prevê reajuste do piso em 2021 acima da inflação, como foi feito em gestões anteriores a Jair Bolsonaro (sem partido).