Formula Chopp

De desconhecido a herói do bi, Breno Lopes escreve seu nome na história do Palmeiras

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 31 de janeiro de 2021 às 16:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Recém-chegado ao Verdão, atacante já conquistou lugar na galeria de ídolos do alviverde

 

Breno Lopes

Atacante Breno Lopes entra para a história do Palmeiras com gol histórico

Em sua 17ª partida pelo Verdão, porém, apenas a sexta como titular, o atacante Breno Lopes fez um dos gols mais importantes dos 106 anos de história do Verdão.

Ele fez, nos minutos finais, o gol que deu o título do bicampeonato da Libertadores da América ao Palmeiras, aos 50 minutos do segundo tempo, nos acréscimos, quando a partida parecia que seria decidia na prorrogação ou nas penalidades.

Recém-chegado do Juventude-RS, Breno Lopes relembrou o atacante Betinho, que também era um ilustre desconhecido no elenco palmeirense em 2012 quando fez o gol do título da Copa do Brasil de 2012, contra o Coritiba – Betinho era novato no clube à época e jogou poucas partidas, mas ficou marcado pelo gol heroico.

“A partir do momento que aceitei esse desafio tem de estar preparado para todas as coisas. O estafe do Palmeiras me deu confiança. Havia muita desconfiança no meio nome e hoje estou provando que tenho condição de jogar aqui. Minha mãe está chorando demais, meu pai… É um dia inesquecível. É só comemorar”, disse o atacante, emocionado, após a conquista do título.

Breno chegou ao Palmeiras há cerca de três meses e, até suas 15 primeiras partidas, ainda não havia marcado um gol. Desencantou ao pontuar pela primeira vez com a camisa do Verdão no jogo anterior, diante do Vasco da Gama.

O camisa 39 (usa a 19 na Libertadores) já havia chegado perto do gol algumas vezes, mas esbarrou na falta de sorte. Diante do Corinthians, na goleada por 4 a 0 no último dia 18, chegou a balançar as redes, fazendo um belo gol, mas estava impedido (seria o quinto do Verdão no clássico).

Antes, logo em um de seus primeiros jogos pelo clube palmeirense, diante do Sport, em 09/01, e depois repetiu o feito sobre o Grêmio, em 15/01, o jogador chegou a carimbar a trave! Também quase marcou contra o Bahia, em 12/12.

O jogador detém uma curiosa estatística: é o atleta do time palmeirense com a maior sequência atual de jogos no Brasileirão: são 11 jogos seguidos, sendo que, dos últimos 13, atuou em 12 (só não jogou a 22ª rodada porque estava com Covid, após estrear na 21ª).

O fato é incomum, pois, muitos atletas não conseguem atingir tal série de jogos em meio a um campeonato tão disputado quanto o Brasileiro pelo fato do cumprimento das suspensões automáticas ou até mesmo eventuais lesões e suspensões por cartão vermelho, STJD ou ainda atletas que são preservados para jogos em outras competições.

Mineiro de Belo Horizonte-MG, Breno Lopes foi revelado pelo Joinville-SC, time pelo qual se profissionalizou em 2016. No mesmo ano, foi emprestado ao Juventus de Palhoça-SC e retornou mais experiente em 2017.

A partir de então, ganhou minutos em campo e marcou gols pelo Joinville, sobretudo na Série C, chamando a atenção do Juventude-RS. Em 2019, disputou a Série C pelo Juventude-RS e a Série B pelo Figueirense-SC.

Em 2020, após um empréstimo ao Athletico Paranaense, regressou ao Juventude-RS e vinha se destacando neste segundo semestre até chegar ao Verdão: foram, ao todo, nove bolas na rede em 19 partidas na Série B, atrás apenas do líder da artilharia, Caio Dantas, do Sampaio Corrêa-MA, com dez tentos.


+ Futebol