Coleção de fotos raras mostra momentos inéditos da chegada à Lua

  • Salvador Netto
  • Publicado em 6 de novembro de 2020 às 21:34
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:38
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Acervo será leiloado após permanecer durante décadas nas mãos de colecionadores

Primeira fotografia do planeta Terra tirada por humanos pelo tripulante da Apollo 8 William Anders

Começou nesta sexta-feira (6) em Londres, na Inglaterra, o leilão de uma das maiores coleções de fotos originais da chegada do homem à Lua já disponibilizadas no mercado. 

Os registros foram feitos durante a série de missões que levou o homem à superfície do satélite natural terrestre, em especial a Apollo 11, e fazem parte da chamada Era Dourada da exploração espacial.

Incrementada ao longo de décadas por um colecionador privado, a coleção se chama Viagem para Outro Mundo, e conta com momentos simbólicos da história da corrida espacial. 

“Olhar essas imagens nos transporta para a superfície da Lua”, disse um dos responsáveis pelo leilão Hames Hyslop.

Um dos itens mais cobiçados do leilão é uma foto inédita de Neil Armstrong, o piloto militar e astronauta que foi o primeiro homem a colocar os pés em solo lunar, guardada pela Nasa e extremamente rara. A casa de leilões Christie’s espera arrecadar cerca de US$ 39 mil apenas com esse item.

Neil Armstrong, acompanhado de seu parceiro de missão, Buzz Aldrin, marcou o imaginário humano ao falar a frase mais emblemática da história da corrida espacial: “esse é um pequeno passo para um homem, mas um salto imenso para a humanidade.”

Entre outros artefatos em leilão, registros casuais de companheiros de equipe durante o percurso para a Lua, a maioria registrada por Buzz Aldrin. Essas fotos só foram descobertas na década de 80 e a maioria teve circulação restrita.

Os leilões da coleção vão até 20 de novembro na sede da casa de leilões Christie’s, em Londres.

Com informações da s agências Brasil e Reuters