Projeto de Resolução cria Frente Parlamentar para defender indústria calçadista

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 16 de janeiro de 2021 às 13:01
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Legislativo defende situação do setor calçadista francano na questão do ICMS

Tidy a indústria calçadista francana registrou em 2017 a sua pior produção nos últimos 20 anos

Foi protocolado nesta semana na câmara o Projeto de Resolução (pr) nº 03/2021, de autoria do vereador Marcelo Tidy (DEM).

A propositura cria, no âmbito da casa legislativa, a frente parlamentar de interesse público para estudos e debates relacionados à defesa da indústria calçadista.

Segundo a justificativa da matéria, a indústria calçadista francana registrou em 2017 a sua pior produção nos últimos 20 anos e, há oito anos, vem perdendo postos de trabalho.

A frente, então, teria a função de diagnosticar as principais necessidades do setor e buscar meios para possibilitar o seu avanço.

Se aprovado, os três primeiros signatários do projeto se tornarão, respectivamente, o presidente, o vice-presidente e o relator da frente.

Esta poderá ser composta ainda por outros vereadores interessados. Entre as ações previstas para o grupo, estão a realização de audiências públicas, sugerir políticas públicas aos órgãos competentes e efetuar diligências em outras localidades.

Tidy esmiuçou a importância da iniciativa: “nosso intuito é trabalhar junto à indústria calçadista, que há muito tempo é prejudicada pela falta de interesse dos governos estadual e federal”.

“Nós temos o apoio do deputado federal, David Soares (dem), que será o interlocutor do sindicato da indústria, câmara e prefeitura junto ao governo federal, para que os interesses do setor sejam defendidos”.

“Já estamos fazendo um planejamento de atuação. Assim que a frente for oficialmente criada, vamos nos reunir e também tentar viabilizar uma audiência com o ministro da economia Paulo Guedes. Vamos levar a ele todas as nossas reivindicações”.