Prefeitura de Franca prepara plantio de árvores nas principais avenidas

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 16 de outubro de 2020 às 00:04
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Principais avenidas da cidade receberão novas árvores de médio porte nos próximos dias

A Prefeitura de Franca pretende, nesses próximos dias e com o clima propício à novas chuvas, iniciar um sistema de replantio de árvores de médio porte nas principais avenidas da cidade.

A operação contará com um diferencial: diálogo com moradores ou representantes de estabelecimentos existentes nas regiões, esclarecendo os objetivos e alguns cuidados que foram observados previamente na escolha das espécies a serem plantadas.

De acordo com um inventário realizado pelo município, a partir de financiamento obtido junto ao Fundo Municipal do Meio Ambiente, foi possível traçar um retrato bem atualizado dos principais vazios urbanos que carecem de mais verdes. 

Entre eles estão canteiros de avenidas, parques e praças. E uma orientação independente desse plantio planejado a ser desenvolvimento por uma equipe especialmente treinada, é que as pessoas não plantem em áreas públicas sem uma prévia consulta na Prefeitura.

Essa consulta é simples e pode ser feita por e-mail através de: [email protected] ou no tel 3711-9439/9440. 

Embora os técnicos ambientais reconheçam as boas intenções das pessoas, a iniciativa pode causar problemas sérios no futuro, especialmente com o plantio de árvores frutíferas. 

Alguns exemplos são a existência de pés de manga no canteiro central da Av. Eufrásia Monteiro Petráglia (em frente a Unesp) e na Prof.  José Rodrigues da Costa Sobrinho (pé de jaca). 

Como são vias de tráfego rápido, há o alto risco da ocorrência de acidentes, muitas vezes envolvendo com crianças que são atraídas pelas frutas.

Martins e Palmeiras​

De acordo com os estudos prévios, com base no inventário urbanístico da cidade, a Secretaria de Serviços pretende iniciar o trabalho na Avenida Nelson Nogueira, compreendendo toda extensão do seu canteiro central, no Jardim Martins, Paulo Archeti até a ponte que liga o Jardim Palmeiras com o Jardim Pulicano, na região Oeste. 

Um grande lote de mudas já está sendo preparado no Jardim Zoobotânico para esta finalidade.

Existe também, a intenção de erradicar eventuais árvores que representem riscos nesses locais, o que será feito precedido de comunicação com a comunidade da região. 

A coordenadoria de Educação Ambiental estará acompanhando, aliado ao plantio, interagir e envolver a comunidade no sentido de entender a razão da operação, do corte de algumas espécies e os cuidados que devem ser observados antes de realizar o plantio de mudas.