Palmeiras mantém contato com Hulk que está de saída da China

  • Salvador Netto
  • Publicado em 15 de julho de 2020 às 11:56
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 20:58
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O atacante está no radar do Verdão desde o surgimento do interesse do Al Duhail, do Catar, por Dudu

Hulk diz que pretende deixar o futebol chinês no final de seu contrato, em dezembro deste ano

O contrato do atacante Hulk com o Shanghai SIPG, da China, termina no dia 31 de dezembro deste ano. 

Porém, o brasileiro, de 33 anos, revelou ao site “GloboEsporte.com”, que não pretende permanecer no país asiático e tem sido procurado por clubes do exterior e também do Brasil, dentre eles o Palmeiras. 

A revelação do Vitória está no radar do Verdão desde o surgimento do interesse do Al Duhail, do Catar, por Dudu.

 Quando o Palmeiras fez o primeiro contato, Hulk ainda não tinha decidido se renovaria ou não com os chineses. Porém, com o martelo batido, a diretoria paulista promete intensificar as conversas com o atacante, que já se declarou torcedor do Verdão. 

Em fevereiro deste ano, quando foi liberado para passar a quarentena no Brasil devido a explosão da pandemia do coronavírus na China, ele acompanhou o duelo contra Mirassol, pelo Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Depois, visitou a Academia de Futebol para tratar da possibilidade de seus filhos treinarem lá, já que moram em São Paulo.

No início da carreira, Hulk chegou no Vitória ainda nas categorias de base. Lá, ele foi treinado pelo técnico João Paulo Sampaio, que hoje em dia é coordenador geral da base do Palmeiras. 

Inclusive, foi ele quem transformou o então lateral em atacante, antes da promoção ao time profissional. O dirigente é um dos trunfos do Verdão para contratar o atacante.

 Paraibano de Campina Grande, Hulk está no Shanghai SIPG desde 2016. De lá para cá, o atacante disputou 122 jogos e marcou 69 gols.


+ Futebol