Mecânico de Franca desenvolve primeiro carro elétrico da cidade; veja a novidade

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 22 de janeiro de 2021 às 12:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Veículo é a vedete nas ruas da cidade e automóvel atinge uma velocidade de 105 KM/h

O projeto do carro elétrico começou há mais de 4 anos e teve um custo de R$ 40 mil

O mecânico Ivan Molina traz uma grande novidade e que está enchendo os olhos de muitos motoristas e amantes da engenharia mecânica de automóveis.

Ele transformou um veículo popular, ano 2002, que era Flex, em automóvel elétrico, com menos peso, menos gastos, menos problemas mecânicos dentre outros.

O projeto do carro elétrico – que está percorrendo as ruas de Franca – é uma das vedetes do segmento automobilístico da cidade. Ele tem sido visto por muitas pessoas e clientes do mecânico Molina.

Segundo ele, o projeto foi desenvolvido em um automóvel Gol, 1.0 16 válvula, 4 portas.

Outras novidades alcançadas no projeto do carro elétrico de Franca estão relacionadas ao peso do veículo: de 980 quilos foi transformado em 830 quilos, já que deixou de utilizar várias peças.

Porém, segundo o construtor do carro elétrico, foi mantido o câmbio de 5 marchas e pedal de embreagem, pedal de acelerador, painel e funções elétricas como iluminações externas tudo de fora original do veículo.

Hoje com 150 kg a menos, o carro atinge a velocidade de 105 km por hora em quinta marcha.

Com 100 km de autonomia ele utiliza 1/3 de sua carga, utilizando 7 baterias de 12 volts. Sua recarga é simples podendo ser recarregado por 7 horas em qualquer tomada 110/220 volts.

Ao completar sua carga total ele desliga sozinho da mesma forma que uma pessoa carregue o seu celular.

Outra situação que traz um grande avanço para muitas pessoas é que o automóvel não tem nenhum barulho em seu funcionamento, sem trocas de óleo e correias, sem cheiro de combustíveis e despesas com gasolina ou álcool.

E o melhor de tudo, zero de poluição.

O idealizador do projeto percorreu várias cidades para encontrar as peças

O SONHO

Ivan Molina explica que está na área de mecânica de automóveis há 27 anos. Hoje tem 44 anos.

O projeto do carro elétrico começou há mais de 4 anos. Mas, para produzir o seu sonho, ele foi chamado de doido, maluco, enfim de tudo.

Mas, jamais desistiu do projeto. E, tudo ganhou força depois de suas formações acadêmicas (eletrônica, torneiro mecânico e robótica).

Antes ele já tinha desenvolvido um carro com combustível a água e gasolina, mas se tornou inviável, partindo para o carro elétrico em seguida.

As peças do automóvel foram buscadas em diversas cidades como Santos, Ribeirão Preto, São Paulo, Campinas e outras cidades.

Após obter as peças, Ivan começou a montar o carro em julho do ano passado e, agora em janeiro concluiu seu projeto.

O carro, que custa R$ 10 mil, recebeu um investimento de R$ 30 mil.

Ele é o segundo construtor de carro em Franca.

O primeiro foi João Augusto Conrado do Amaral Gurgel, que nasceu em 26 de março de 1926, em Franca.

Ele ficou mundialmente conhecido por ter sido um revolucionário da indústria automobilística brasileira, produzindo vários modelos de seus carros nas décadas de 70, 80 e início dos anos 90.

 

⬇️Carro não utiliza mais⬇️

  • tanque de combustível ,
  • Escapamento ,
  • Motor a combustão
  • Bicos injetores
  • Arranque e alternador
  • Correia dentada
  • Óleo de motor
  • Complexo de chicotes
  • Bomba elétrica
  • Entre muitas outras peças , não são mais necessárias

 


+ Tecnologia