Formula Chopp

Estado de São Paulo confirma vacinação de pessoas com deficiência e grávidas

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 5 de maio de 2021 às 19:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O governador atende pedido da Feapaes-SP durante encontro em São Paulo, quando foi demonstrada necessidade de vacinação desse público

Governo atende pedido da Feapaes-SP e prioriza vacinação de pessoas com deficiência

O estado de São Paulo irá vacinar pessoas com deficiência e grávidas contra a covid-19 a partir do dia 11 de maio.

O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB), em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (5), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

O Estado vai vacinar pessoas com deficiência, grávidas e adultos com comorbidade. No dia 11 de maio, terça-feira, vamos começar a vacinar gestantes e mães com comorbidade

“Um total de 100 mil mulheres acima de 18 anos serão imunizadas no estado”, afirmou João Doria.

Ainda de acordo com o governador, no mesmo dia, também começam a ser imunizadas  pessoas com deficiência permanente, entre 55 a 59 anos de idade. Estima-se que 30 mil pessoas devem ser imunizadas neste grupo.

O governador atende um pedido feito pela Feapaes-SP durante encontro em São Paulo, quando foi solicitada prioridade na vacinação desse público. Veja aqui

Já na quarta-feira (12), pessoas que possuem comorbidades na mesma faixa etária (entre 55 e 59 anos) também poderão receber a primeira dose da vacina.

Este público é estimado em 900 mil pessoas. Ao todo, serão vacinados mais de 1 milhão de pessoas nesta etapa.


+ Inclusão