Cremesp vai percorrer o interior para buscar apoio à lei do exame obrigatório

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 6 de março de 2018 às 14:20
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 18:36
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Cremesp iniciou em Franca a Caravana pelo Exame Obrigatório para recém-formados em Medicina

Lavínio Camarim começou por Franca a Caravana pelo Exame Obrigatório (Foto: Osmar Bustos)

A caravana pelo Exame Obrigatório para recém-formados em Medicina teve início na cidade de Franca, nesta segunda-feira (05/03). 

Com o propósito de envolver a comunidade local, a ação colheu cerca de 500 assinaturas de médicos e da população em geral.

O posto de coleta foi instalado na Praça Nossa Senhora da Conceição, localizada no Centro da cidade, das 10h às 16h. 

No local, as pessoas puderam receber informações sobre a Caravana pelo Exame Obrigatório, tirar dúvidas e aderir ao abaixo-assinado.

Participaram do evento o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Lavínio Nilton Camarim, e os delegados superintendente e superintendente adjunto, Carlos Riad Aoude e Ulisses Martins Minicucci, respectivamente.

“Estou muito satisfeito de iniciar a Caravana pelo Exame Obrigatório por Franca. Os médicos e a população francana foram extremamente receptivos à causa. A ação na cidade foi bastante exitosa”, destacou o presidente do Cremesp.

Riad ressaltou que os médicos da cidade estão a favor do Exame Obrigatório.

“Tanto os estudantes de Medicina quanto os médicos formados estão cientes da importância dessa prova. Eles sabem que o Exame Obrigatório garante a formação de bons profissionais de Medicina”, disse.

As faculdades locais, segundo Minicucci, também apoiam o Exame Obrigatório.

“As instituições sabem que, atualmente, a população está muito vigilante. Então, é muito importante aplicar uma prova que ateste a boa formação desses novos médicos”, afirmou ele.

Por todo o Interior

A Caravana pelo Exame Obrigatório tem como objetivo mobilizar médicos, autoridades, estudantes, formadores de opinião e a população em geral em torno da aprovação de uma Lei que torne obrigatório o Exame para recém-formados em Medicina. 

A prova ajuda a aprimorar o ensino médico e é fundamental para contribuir para a boa Medicina e, com isso, melhorar o atendimento aos pacientes. 

Além do abaixo-assinado, a campanha também conta com uma petição on-line, que pode ser acessada em www.exameobrigatorio.com.br.

Além de Franca, receberão a Caravana pelo Exame Obrigatório as cidades de Bauru, Campinas, Guarujá, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Santos e São Paulo.

Fotos: Osmar Bustos