Crédito acumulado de ICMS é tema de reunião do setor calçadista com o Governo

  • Bernardo Teixeira
  • Publicado em 19 de fevereiro de 2021 às 11:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O encontro virtual foi viabilizado pela deputada estadual Delegada Graciela (PL) e teve a participação do Secretário da Fazenda

Calçadistas pedem mudanças no cálculo de créditos acumulados de ICMS

 

Lideranças do setor calçadista de Franca se reuniram na tarde desta quinta-feira com técnicos da Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo.

O encontro virtual foi viabilizado pela deputada estadual Delegada Graciela (PL) e teve o objetivo de solicitar ao governo que altere o sistema de cálculo dos créditos acumulados de ICMS das empresas que exportam.

A alteração no sistema é um pedido antigo do setor calçadista de Franca, Birigui e Jaú. De acordo com o Sindicato das Indústrias de Calçados de Franca, o modelo atual é prejudicial, pois reduz, em valores significativos, o crédito que as empresas têm direito a receber.

“É uma questão de vida ou morte para o setor calçadista. A situação é muito grave. Franca está quebrada”, disse José Carlos Brigagão do Couto presidente do Sindifranca.

Gustavo Ley, diretor da Coordenadoria da Administração Tributária da Secretaria da Fazenda, ouviu os relatos dos representantes do setor e, como disse que desconhecia eventuais problemas apresentados, ficou decidido que o sindicato apresentará um relatório por escrito explicando as dúvidas pendentes.

“Tão logo o sindicato faça o documento com as informações solicitadas, eu levarei ao governador. Sei das dificuldades enfrentadas pelo setor calçadista e estou à disposição para ajudar no que for possível”, afirmou a Deputada Delegada Graciela.