Banco Central confirma que permitirá saque de dinheiro em comércios; Entenda

  • Entre linhas
  • Publicado em 22 de junho de 2020 às 20:07
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 20:53
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A autorização ainda depende do estabelecimento das regras, que deverão ser divulgadas em agosto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, anunciou nesta segunda-feira, 22, que a autoridade monetária vai passar a permitir saque em dinheiro na rede varejista. 

A autorização ainda depende do estabelecimento das regras, que deverão ser divulgadas em agosto. 

No início do ano, o presidente do BC chegou a dizer que estava em estudo permitir “cashback”.

Segundo Campos Neto , a autorização virá dentro do Pix, programa de pagamentos instantâneos que está sendo construído pelo Banco Central. 

O Pix deve começar a funcionar em novembro.

“Essa facilidade visa trazer mais eficiência por meio de realização do dinheiro no varejo e aproveitamento dessa rede e fomentar a competição ampliando as opções e a capilaridade das instituições para ofertarem o saque “, disse.

O presidente do BC disse que essa opção deve diminuir o custo logístico e operacional de distribuição de moeda e facilitar o serviço para os clientes.

“Além de agregar conveniência aos consumidores, pode gerar negócios adicionais aos varejistas e permitem aos participantes do Pix novas funcionalidades”, defendeu.

*IG