Formula Chopp

Pelizaro quer saber do prefeito sobre as vans adaptadas para pessoas com deficiência

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 17 de abril de 2021 às 15:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O pedido é justificado pelo fato de o transporte adaptado ser um recurso de grande valia aos usuários, principalmente os que moram mais distantes do centro

O pedido é justificado pelo fato de o transporte adaptado ser um recurso de grande valia aos usuários

Será votado na 16ª Sessão Ordinária, a ser realizada na próxima terça-feira, 20, o Requerimento nº 151/2021.

A matéria, de autoria do vereador Gilson Pelizaro (PT), requer que a Prefeitura forneça à Câmara Municipal de Franca o número disponível de vans adaptadas ao transporte de pessoas com deficiência no município, bem como informações detalhadas sobre a demanda atendida nos últimos 12 meses.

O pedido é justificado pelo fato de o transporte adaptado ser um recurso de grande valia àqueles que, por algum motivo, possuem a sua locomoção limitada, conferindo autonomia e dignidade a essas pessoas.

Gilson Pelizaro, que é vice-presidente da Comissão de Assuntos da Pessoa com Deficiência da Câmara, forneceu mais detalhes sobre a importância do Requerimento.

Além disso tem um trabalho de muito tempo junto às entidades que atuam na área de pessoas com deficiência.

“Ao meu ver, há uma demanda muito grande por vans adaptadas e uma falta de prestação de serviços. Então eu preciso saber a quantidade de veículos e de atendimentos para que possamos estudar a possibilidade e a viabilidade de ampliação, melhorias e qualificação desse transporte”, disse.

Gilson diz que sabe que há um contrato vigente com a Empresa São José, e quer entender quais são as condições desse contrato com relação às vans adaptadas. A partir de então, vai pontuar sua atuação para melhorar o transporte de pessoas com deficiência.

O Requerimento nº 151/2021 pode ser conferido na íntegra através do link: https://sapl.franca.sp.leg.br/materia/1546.

*Com informações da Comunicação da Câmara


+ Política