Papa Francisco nomeia brasileiro como maestro-diretor da Capela Sistina

  • Salvador Netto
  • Publicado em 23 de novembro de 2020 às 17:59
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 09:17
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O maestro Marcos Pavan já foi padre na diocese de Campo Limpo, em São Paulo

O papa Francisco nomeou o sacerdote brasileiro Marcos Pavan ao cargo de maestro-diretor da Capela Sistina, no Vaticano, domingo (22). A informação foi divulgada pela agência de notícias italiana Ansa.

Pavan já vinha ocupando o posto como interino desde julho de 2019, quando o sacerdote italiano Massimo Palombella deixou a direção do coral da Capela em meio a uma investigação de crimes financeiros.

O maestro já foi padre na diocese de Campo Limpo, em São Paulo, membro do Coro Lírico do Theatro Municipal de São Paulo, e estudou canto gregoriano na capital paulista e em Nova York, nos Estados Unidos.

O coral da Capela Sistina foi fundado em 1471 e é conhecido como o mais antigo do mundo. Atualmente, a Capela integra o Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice, o qual é guiado pelo sacerdote italiano Guido Marini.