Formula Chopp

Mate, camomila, boldo… Você sabe para que servem esses chás populares? Descubra!

  • Nina Ribeiro
  • Publicado em 22 de maio de 2021 às 16:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Consumo de chás – sejam as infusões ou os preparos gelados – tem crescido no Brasil por conta de seu apelo à saúde de das funcionalidades relacionadas às bebidas

Consumo de chás tem crescido no Brasil

 

O consumo de chás – sejam as infusões ou os preparos gelados – tem crescido no Brasil por conta de seu apelo à saúde de das funcionalidades relacionadas às bebidas.

Estima-se que cada brasileiro beba cerca de 19 xícaras de chá por ano, o que o coloca na 88ª posição no mercado global.

Recentemente, em 2019, a Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO), agência especializada das Nações Unidas, reconheceu a data 21 de maio como o Dia Internacional do Chá para estimular o consumo da bebida.

“Sabe-se que os chás apresentam benefícios relacionados a funcionalidades, cujo conhecimento é repassado de geração em geração, o que contribui no reconhecimento como uma bebida saudável pelos brasileiros”, afirma Marcelo Correa, gerente de negócios da Leão Alimentos e Bebidas, uma das maiores indústrias nacionais do segmento.

Veja abaixo lista de chás populares no país e suas principais funcionalidades:

Mate – A erva mate é conhecida pelo seu efeito termogênico responsável por acelerar o metabolismo para a queima de gorduras, dando mais energia para o corpo.

O mate também tem propriedades antioxidantes que combatem os radicais livres que causam o envelhecimento precoce, além de ser um grande agente para o combate do colesterol.

Capim-Cidreira – também conhecido como Capim Santo ou Capim Limão, é reconhecido por suas propriedades antibacterianas, antidiarreicas, antifúngicas, anti-inflamatórias e antioxidantes.

O chá de capim-cidreira é um analgésico natural, indicado para melhorar a qualidade do sono e evitar a retenção de líquidos.

Entre suas propriedades estão ainda auxiliar nos processos de limpeza e cicatrização de pele e na produção de leite para as lactantes.

Camomila – com efeito calmante, a erva é muito indicada para tratamentos de inquietações e casos leves de insônias relacionados a distúrbios nervosos pelo seu efeito sedativo, também indicada para tratamento de má digestão e alívio de dores de cabeça, músculos e cólicas intestinais.

Hortelã – é utilizada, principalmente, no tratamento de complicações gastrointestinais, como má digestão, flatulência, gastrite e cólicas menstruais.

Também é um remédio natural indicado para resfriados, por ter ação expectorante.

Erva-Doce – suas propriedades auxiliam no tratamento de dispepsia, hipertensão e bronquite. Além disto, ajuda a controlar resfriados, mau hálito, inflamações, cólicas e gases intestinais.

Boldo – seu uso é relacionado à diminuição dos efeitos de bebidas alcoólicas, mas além disso, ele possui atividades analgésicas e digestivas.

O boldo também é indicado como tratamento auxiliar para doenças ligadas ao fígado, hepatite e gastrite.

Chá Verde – com muitos benefícios, ele é estimulante do sistema nervoso e tem propriedades antidepressiva, antidiarreica, antidiabética e anti-inflamatória.

Também possui propriedades antioxidantes e antienvelhecimento, e auxilia no combate à obesidade por sua ação no trato gastrointestinal.

*Informações Metrópoles


+ Bem-estar