Formula Chopp

Confira três formas de fazer Tie Dye em casa para tingir peças de maneira artística

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 6 de março de 2016 às 14:57
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:39
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Técnica é muito usada por pessoas de estilo hippie e foi sucesso absoluto nos anos 1960 e 1970

Muito utilizado pelas pessoas que adotaram o estilo hippie, o Tie Dye é uma técnica que consiste em tingir roupas de maneira artística.

Seja dobrando, amarrando, costurando ou amassando a peça, o objetivo final é inibir o fluxo do corante nas dobras do tecido, criando padrões de cor das mais variadas formas, para alcançar resultados quase sempre improváveis e muito criativos.

Essa tendência foi sucesso absoluto nos anos 1960 e 1970, com o auge do movimento hippie, e foi muito usada por músicos como John Sebastian, Janis Joplin, The Grateful Dead e Joe Cocker.

A moda ainda é muito utilizada nos dias de hoje, principalmente pelas pessoas que curtem peças coloridas e alegres.

O legal mesmo é que você pode fazer a técnica sozinha, seguindo algumas orientações. Confira três formas:

1. Vá de listras. Coloque a camisa sobre uma mesa. Enrole-a de baixo para cima até virar um tubo. Use um barbante ou elásticos para segurar a camisa enrolada.

Tie Dye listrado (Foto: Reprodução)

Para poucas listras, deixe espaço entre elas para que sejam necessárias apenas três ou até menos. Para mais listras, use uma dúzia ou mais de torcidas na camisa para criar várias delas.

Enrolar a camisa para cima vai resultar em listras verticais.

Caso queira fazer listras horizontais, enrole a camisa da esquerda para a direita (ou vice-versa), e amarre um barbante ou elástico para segurar a camisa enrolada.

2. Crie uma espiral. Essa é uma das técnicas mais básicas e também uma das preferidas. Coloque a camisa em cima de uma mesa. Depois, ponha o seu dedo indicador e o polegar no meio da camisa. Comece um movimento circular, formando uma espiral e fazendo a camisa enrolar ao redor do centro.

Tie Dye espiral (Foto: Reprodução)

Quando você tiver formado uma espiral com a camisa toda, use um barbante para segurar a camisa nessa posição. Será preciso formar no mínimo seis seções. Logo, use no mínimo 3 barbantes para prender a camisa. Ela vai ficar mais ou menos arredondada e apresentar “fatias de pizza” por causa do barbante.

Para uma estampa mais complexa, use mais barbantes. Confira se todos eles se cruzam no centro.

Você pode criar espirais múltiplas criando seções menores usando o método explicado acima.

Se a camisa começar a ficar com vincos, desfaça-os. A camisa deve ficar em espiral, mas ainda assim ficar achatada sobre a mesa.

3. Crie uma estampa de bolinhas. Dê beliscos na camisa com os dedos. Amarre um pedaço de barbante em volta do tecido. Para fazer bolinhas menores, deixe apenas 1 ou 2 cm de tecido fora do barbante. Bolas maiores podem ser feitas amarrando o barbante mais na base para colocar em relevo uma porção maior do tecido.

Pode-se criar uma estampa de alvos ao colocar mais barbantes na base das bolas. Cada barbante a mais resultará em mais um círculo.

Procure usar barbante que foi mergulhado na tinta antes de amarrá-lo. Assim você acrescenta mais cor à parte de fora das bolas.​