Formula Chopp

Você sabe o que há por trás do hábito do seu cão se esconder embaixo das cobertas? 

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 30 de abril de 2021 às 16:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Você sabe o que pode estar por trás do hábito do seu cão se esconder embaixo das suas cobertas? 

Você sabe o que pode estar por trás do hábito do seu cão se esconder embaixo das cobertas?

 

Você sabe o que pode estar por trás do hábito do seu cão se esconder embaixo das suas cobertas?

De acordo com a veterinária Jo Meyers, do JustAnswer, os cães também se enterram como forma de recarregar as baterias após um dia de estresse.

“Ao remover a exposição às imagens e sons de uma família ativa, o cão se sente mais seguro”.

“Afinal, é função do seu cachorro ficar de olho em tudo que está acontecendo dentro e ao redor da casa para que ela possa ter certeza de que sua família está segura”.

“Quando ele estiver enterrado sob os cobertores em sua cama, ele pode desligar a vigilância e fazer uma pausa”, explicou ela ao site The Bark.

Além disso, ficar sob as cobertas coloca uma barreira entre o filhote e qualquer circunstância barulhenta que aconteça do lado de fora, como fogos de artifício ou tempestades.

As cobertas podem fornecer pressão suficiente para reduzir a ansiedade no corpo do animal nervoso.

E esse hábito não é prejudicial à saúde.

Mas, algumas opções de cobertores são mais seguras do que outras, e cães de certas idades e raças precisam ser monitorados mais de perto quando fazem isso.

Cães adultos saudáveis ​​irão sair de debaixo dos cobertores quando ficarem muito quentes.

Contanto que tenham uma saída fácil, há pouco perigo em permitir que eles se enfiem sob as cobertas.

Dito isso, pode ser difícil para filhotes e raças menores desocuparem certos tipos de cama.

Além disso, cães mais velhos e aqueles com problemas respiratórios (incluindo cães branquicefálicos como os pugs) podem ter dificuldade em se livrar de cobertores especialmente grandes ou pesados.

Os especialistas recomendam escolher colchas feitas de tecidos respiráveis ​​e difíceis de mastigar, como lã, microfibra e malha.

Esse comportamento pode indicar problemas de ansiedade?

Em cães, enterrar-se em cobertores geralmente não é motivo de preocupação.

No entanto, se a escavação parece obsessiva ou acompanhada de respiração ofegante ou choro, a ansiedade da separação pode ser a culpada.

Você pode ajudar a liberar a tensão do seu cão, proporcionando-lhe bastante exercício e estimulação do brinquedo antes de deixá-lo sozinho.

Se a escavação excessiva persistir mesmo após o gatilho do medo do animal ter sido identificado e removido, o comportamento pode apontar para uma fobia maior.

Peça ao seu veterinário recomendações sobre técnicas de modificação de comportamento e/ou medicamentos com base em sua avaliação da conduta compulsiva de seu cão.

*Informações O Pet é Pop


+ Pets