Franca terá mais de 3 mil mesários nas seções no pleito eleitoral de 2020

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 5 de novembro de 2020 às 00:10
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:27
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Número de mesários em Franca e região somam 3.322 nas seções eleitorais

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral na seção de votação

Faltam 10 dias para o primeiro turno, e a série quer exaltar a importância dos mesários para a realização das eleições e fortalecimento da democracia. 

Neste ano, apesar da pandemia, foi alto o número de voluntários que se inscreveram pelo site da Justiça Eleitoral e no aplicativo e-Título para serem mesários. 

Em Franca serão 3.070 mesários (46ª ZE e 291ª ZE) trabalhando durante o pleito, além de 252 que compreende a zona eleitoral 240ª ZE.

Em Cristais Paulista serão 72 mesários e 18 seções; Restinga com 68 mesários e 17 seções; Ribeirão Corrente com 44 mesários e 11 seções; e São José da Bela Vista 68 mesários e 17 seções. E um total de 53 Apoio Logístico, totalizando 252.

Na 46ª ZE serão 1197 mesários e 303 apoio logístico em 299 seções, somando 1500 pessoas, enquanto na 291ª ZE serão 1267 mesários com 303 apoio logístico em 317 seções, somando 1570 pessoas.

No Estado serão 342.798 convocados para exercerem suas funções no pleito e foram recebidas 179.351 inscrições de voluntários.

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral na seção de votação. 

Cabe a ele receber e identificar os eleitores, verificar a documentação e coletar assinaturas no caderno de votação. 

O mesário ainda convida os eleitores a se dirigirem à cabine de votação.

A cada pleito, a Justiça Eleitoral convoca eleitores maiores de 18 anos e em dia com suas obrigações eleitorais para atuarem nas seções de votação. 

Não podem ser mesários, entre outros: candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, e seu cônjuge; membros de diretórios de partidos políticos, desde que exerçam função executiva; autoridades policiais e funcionários no desempenho de funções de confiança do Executivo; e servidores da Justiça Eleitoral.

O eleitor que atua como mesário tem direito à dispensa do serviço pelo dobro de dias que estiver à disposição da Justiça Eleitoral. 

A participação em treinamento para as eleições, que neste ano foi feito na modalidade virtual, por causa da pandemia, também dá direito a dois dias de folga. 

O mesário ainda tem direito a auxilio alimentação no dia do pleito; preferência no desempate em concursos públicos, desde que a hipótese esteja prevista em edital; utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar, caso a instituição de ensino tenha convênio com a Justiça Eleitoral.

O TRE convida o cidadão que quiser participar do processo eleitoral a se inscrever no site ou no aplicativo e-Título. 

A cooperação dos mesários é essencial para garantir o sucesso das eleições. O mesário é testemunha privilegiada de que #seuvototempoder.