Formula Chopp

Felipe Titto é preso por desacato e se revolta com abandono de animais: ‘É crime’!

  • Nina Ribeiro
  • Publicado em 13 de abril de 2021 às 23:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Ator Felipe Titto confirmou ter sido detido por desacato depois de presenciar o abandono de um cachorro em estrada e perseguir o carro

Ator Felipe Titto foi detido após perseguir um carro que abandonou um cachorro na estrada

 

Felipe Titto foi um dos assuntos mais comentados da internet logo no início desta semana.

Em seu perfil do Instagram, o ator, que enfrentou a covid-19 no fim do ano passado, confirmou ter sido detido por desacato depois de presenciar o abandono de um cachorro em estrada no Rio Grande do Sul.

“Eu estava fazendo a visitação de uns possíveis lotes para implementar uma expansão do Cabana Home, que é um hotel que eu tenho e estamos levando para alguns estados e começamos pela Serra Gaúcha”.

“Chegando em Canela, onde estava hospedado, eu vi um carro no acostamento e tinha acabado de abandonar um cachorro, um vira-lata, e ele correndo disparado, muito rápido, desesperado, atrás desse carro”, iniciou.

Ator seguiu carro que abandonou pet na estrada

Apaixonado por seus pets, Felipe Titto relatou ter ido atrás desse carro.

“Eu emparelhei e falei: Para aí, velho. Você não vai abandonar o cachorro sair fora’. O cara fechou o vidro e andou, prova para mim que ele estava errado. Abandonar um animal é crime”, ressaltou.

O artista acrescentou que, neste momento, um policial saiu da brigada e a confusão aconteceu quando uma viatura com mais dois agentes se aproximou.

“Eu defendo a polícia demais, mas todo saco de laranja tem uma podre e eu dei de frente com elas”.

“Eu expliquei: ‘Estou seguindo esse cara porque ele acabou de abandonar um cachorro, tem vídeo seguindo ele e gravado”.

“Nisso, chegou outra viatura e que foram esses da história toda. Um cara chegou falando: ‘Não quero saber de cachorro, não quero saber de história. A gente vai resolver essa história aqui e vai cada um pra sua casa. Fala menos, você fala muito'”, acrescentou.

O ator global recebeu voz de prisão por suposto desacato aos policiais após revolta por ver animal abandonado em estrada: ‘É crime’.

“Na nota, diz que eu falei que sou ator da Globo e que eu tenho milhões de seguidores. Mano, qual a chance que tem de fazer um bagulho desses?”.

“Principalmente porque eu não queria que ninguém me visse lá. Por mais que tivesse sido positivo eu tentar salvar o cachorro, é uma polêmica”, explicou o pai de Theo, de 17 anos.

‘Me algemou, arrebentou meu pulso e me jogou na viatura”

A detenção aconteceu quando ele decidiu pegar o telefone celular para tentar falar com alguns contatos. O empresário contou que o policial disse ter se sentido coagido e deu voz de prisão.

“Passa vontade não. Aproveita que vou nem reagir”, disse Titto, na ocasião.

“Ele jogou meu braço pra trás, me algemou, por cima do meu relógio, arrebentou meu pulso, ficou todo dolorido e me jogou na viatura. Me levou pra fazer corpo e delito, num hospital, depois na delegacia, onde dei depoimento e ele me soltou”, disse.

“Fiquei de mãos atadas”

Por fim, Felipe Titto reconheceu seus privilégios e destacou um alerta perante a sociedade sobre racismo.

“Me vejo no meu privilégio de Felipe Titto, homem, branco, empresário, rico, e passei por isso dessa forma e fiquei de mãos atadas e me senti um pedaço de nada”.

“Fico pensando no preto, pobre, favelado e sem instrução nenhuma. O que esses caras não passam na mão desses laranjas podres da corporação? Todas histórias tem três versões: a minha, a deles e a verdade”.

*Informações PurePeople