Formula Chopp

Exportações do café aumentam em janeiro, mas cenário geral do agronegócio é negativo

  • Marcia Souza
  • Publicado em 19 de fevereiro de 2021 às 17:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Café é um dos produtos brasileiros que segue com produção e negócios em ascenção

Café verde ajuda no emagrecimento, diabetes e hipertensão arterial

Café é um dos produtos brasileiros que segue com produção e negócios em ascenção

A Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SCRI/Mapa) divulgou os dados das exportações do agronegócio em janeiro.

O número revela que o montante chegou a US$ 5,67 bilhões neste ano, o que significou recuo de 1,3% na comparação com janeiro do ano passado (US$ 5,75 bilhões).

De acordo com o Governo, a queda nas exportações de soja em grão, de quase meio bilhão de dólares, explica o recuo das exportações do agronegócio no mês de janeiro.

Essa redução foi compensada, em grande parte, pelo aumento do valor exportado de quatro produtos: milho (+42,5% ou +US$ 148,96 milhões em valores absolutos), açúcar de cana em bruto (+35,6% ou + US$ 141,06 milhões em valores absolutos), café verde (+30,2% ou +US$ 108,05 milhões) e farelo de soja (+28,3% ou +US$ 99,17 milhões em valores absolutos).

O CEO do Grupo VMX Agro, Carlos César Floriano, afirma que não há com o que se preocupar. “O mercado agrícola pode apresentar variáveis, mas nenhum dado apresenta preocupação. Pelo contrário, o agronegócio continua avançando bem no país”, explica o especialista no setor.

A queda nas exportações do agronegócio (-1,3%) em conjunto com o aumento das exportações dos demais produtos (+4,5%) fez com que a participação do agronegócio nas exportações brasileira declinasse de 39,6% em janeiro de 2020 para 38,3% em janeiro deste ano.

As importações de produtos do agronegócio, por sua vez, aumentaram 6,5%, passando de US$ 1,22 bilhão (janeiro/2020) para US$ 1,30 bilhão em janeiro de 2021. O saldo da balança resultou em US$ 4,37 bilhões.


+ Agronegócios