Em Franca, estradas rurais recebem manutenção, reparos e melhorias

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 19 de novembro de 2020 às 02:01
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 08:50
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Cuidados com a malha viária rural de Franca vêm sendo constantes mesmo com a ocorrência de chuvas

Os cuidados da Prefeitura de Franca com a situação da malha viária rural, especialmente as estradas que dão acesso as pequenas propriedades têm sido contínuos nesses últimos meses. 

Antes mesmo das chuvas, essa manutenção vinha sendo realizada com a parte de cascalhamento, nivelamento dos leitos e limpeza das represas secas, além de reparos nas cercas e nos mata-burros. 

Com a chegada das chuvas, essa conservação está sendo mantida, porém com a adoção de num sistema de rotativo, precedido de algumas cautelas para que, ao invés de resolver os problemas, não agrave mais a situação. 

Isso em decorrência do solo estar muito úmido e a movimentação de máquinas pesadas acaba fazendo com que os locais fiquem intransitáveis dado ao lamaçal que se forma.

Nas estradas da Bocaína, Furnas dos Taveiras, Garcia, entre outras, que são interligadas as rodovias Franca – Claraval e do Paiolzinho, as atenções nessas últimas semanas têm sido concentradas nos reparos e substituições dos mata burros. 

A Secretaria de Serviços e Meio Ambiente está à frente dessa tarefa, aproveitando em parte materiais preparados na oficina que mantém em sua sede.  

Mais de uma dezena de locais receberam cuidados, recuperados ou com instalação de equipamentos novos.

O objetivo é garantir a segurança para os usuários, condições de se deslocarem sem riscos de ficarem no caminho. 

É sabido que grande parte das famílias residentes nessas pequenas propriedades rurais vivem do que produzem, tendo necessidade diariamente de trazer até a cidade os seus produtos, além de muitos outros que mesmo morando na zona rural tem seus empregos na cidade, sem contar o transporte de alunos que em tempos de aulas normais é feito por essas estradas.