Editora Unesp lança a Coleção Clássicos da Literatura com cinco títulos

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 20 de agosto de 2020 às 22:17
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 21:07
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Ideia é permitir ao leitor a oportunidade de tomar contato com referências da literatura universal

Reconhecida pelo catálogo robusto de clássicos e acadêmicos nas mais variadas áreas do conhecimento, a Editora Unespse lança em uma nova empreitada: a publicação de livros de literatura, com a coleção Clássicos da Literatura Unesp

A ideia é permitir ao leitor não iniciado a oportunidade de tomar contato com referências da literatura universal e brasileira e, ao mesmo tempo, praticar a leitura de modo agradável.

A coleção estreia com cinco títulos: os estrangeiros, “A relíquia”, do português Eça de Queirós, “Histórias Extraordinárias”, do norte-americano Edgar Allan Poe; “Contos”, do francês Guy de Maupassant; e os nacionais, “Quincas Borba”, de Machado de Assis, e “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto.

“Não se pretende disponibilizar edições críticas, mas simplesmente volumes que permitam a leitura prazerosa de clássicos”, explica o diretor-presidente da Fundação Editora da Unesp, Jézio Hernani Bomfim Gutierre.

Assim, cada volume se abre com um breve texto de apresentação, cujo objetivo é apenas fornecer alguns elementos preliminares sobre o autor e sua obra. 

Os livros são estruturados em formato de manuseio agradável, projeto gráfico acurado, incluindo foto do autor. 

“A seleção de títulos é conscientemente multifacetada e não sistemática, permitindo, afinal, o livre passeio do leitor”, complementa Gutierre.

Já estão em produção os próximos volumes: “O Falecido Mattia Pascal”, de Luigi Pirandello; “Eugênia Grandet”, de Honoré de Balzac; “Oliver Twist”, de Charles Dickens; “Macunaíma”, de Mário de Andrade; e “Urupês”, de Monteiro Lobato.