Formula Chopp

Câmara de Franca analisa regulamentar sessões remotas em situações de pandemia 

  • Marcia Souza
  • Publicado em 1 de maio de 2021 às 20:00
  • Modificado em 1 de maio de 2021 às 20:05
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O SDR é o mecanismo tecnológico por meio do qual as deliberações são realizadas de forma virtual

O presidente da Câmara, Claudinei da Rocha, vai colocar em votação a proposta de deliberação remota

Outra proposta que será analisada pelo Plenário da Câmara na terça-feira, de autoria coletiva, regulamenta as sessões remotas, ou à distância, no Legislativo de Franca.

O projeto determina que, em situação de pandemia ou por outro motivo de força maior que inviabilize sessões legislativas presenciais, as reuniões da Câmara poderão ser realizadas utilizando-se o Sistema de Deliberação Remota (SDR).

O SDR é o mecanismo tecnológico por meio do qual as deliberações são realizadas de forma virtual ou por meio de videoconferência, que dispensam a presença física do parlamentar no Plenário.

Um dos autores do projeto, o vereador Donizete da Farmácia explicou a motivação da propositura.

“Na verdade, trata-se de uma regulamentação de um tema que não constava no Regimento Interno. As sessões virtuais poderão ser realizadas inclusive através de convênio ou de colaboração com entidades públicas como o Senado Federal”, explicou.


+ Política