Atividades físicas e exercícios para a memória são aliados no combate ao Alzheimer

  • Marcia Souza
  • Publicado em 24 de setembro de 2021 às 07:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Para manter a mente em atividade, é recomendado praticar ações que estimulem a memória

Para manter a mente em atividade, é recomendado praticar ações que estimulem a memória

No Dia Mundial de Conscientização da Pessoa com Alzheimer, celebrado nesta terça-feira, autoridades médicas ressaltaram a importância de se adotar hábitos que promovam uma melhor qualidade de vida como forma de prevenir o desenvolvimento da doença, assim como de outras demências.

Conhecida por manifestar-se, em maioria, nos idosos, a doença de Alzheimer causa uma perda progressiva de algumas funções do cérebro, como memória, compreensão, atenção, cálculo, comportamento e linguagem.

Com esses primeiros sintomas, a doença é, muitas vezes, confundida com o envelhecimento cerebral natural.

Por isso, é preciso ficar atento quando a perda de memória começa não só a ocorrer repetidamente, como também passa a comprometer o dia a dia da pessoa.

Com o tempo, as alterações comportamentais ficam mais comuns. Por isso, pode existir uma perda de interesse pelas atividades e tendência ao isolamento, além de agitação, agressividade e até alucinações.

Formas de prevenção

Uma alimentação balanceada é essencial e deve ser voltada para alimentos naturais e ricos em ômega 3, como os peixes.

Outra recomendação importante é combater o sedentarismo e criar o hábito de praticar atividades físicas.

Controlar doenças, como hipertensão, diabetes e a obesidade e evitar o tabagismo e o alcoolismo também fazem muita diferença com o passar dos anos.

Procurar sempre aliviar o estresse e a ansiedade, preservar as relações sociais e familiares, de forma que se evite o isolamento.

Atividade

Para manter a mente em atividade, é recomendado praticar ações que estimulem a memória, como a leitura, novas tarefas, exercícios, jogos de lógica e matemática, pintar, escrever, montar quebra-cabeças, fazer palavras cruzadas e caça-palavras, entre outros.

Ao identificar os primeiros sintomas da doença, busque atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para obter um diagnóstico e iniciar o tratamento.


+ Bem-estar