Você sabe qual a origem e o significado do Coelhinho da Páscoa? Descubra aqui!

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 17 de abril de 2022 às 08:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Como o coelhinho da Páscoa se tornou o símbolo de um dos feriados mais importantes do cristianismo e qual é o significado da Páscoa?

Coelho da Páscoa se tornou símbolo de uma das datas preferidas de muita gente

 

A Páscoa é uma das comemorações preferidas de muita gente. As trocas de chocolates, a família reunida, o almoço de domingo e a diversão explicam o motivo de a data ser tão especial.

Mas qual é o significado do coelho da Páscoa e por que o símbolo não é qualquer outro animal, como uma galinha, por exemplo?

Veja algumas curiosidades sobre a origem da Páscoa e como isso tem a ver com a ressurreição de Jesus.

Coelho da Páscoa sempre teve relação com o cristianismo?

A Bíblia não menciona nada sobre um coelho que entrega ovos às crianças no dia da ressurreição de Jesus Cristo.

Então, como o coelhinho da Páscoa se tornou o símbolo de um dos feriados mais importantes do cristianismo e qual é o significado da Páscoa?

Uma teoria é a do significado do coelho da Páscoa derivar de uma antiga tradição pagã que ocorria antes mesmo do cristianismo, sempre no mês de março. Acredita-se ter iniciado durante a celebração do festival de Eostre, que homenageia a deusa da fertilidade e da primavera.

O símbolo dessa deusa era, justamente, o coelho — esse animal há muito tempo está associado à fertilidade por razões óbvias. A partir de então, a Páscoa passou a fazer parte da vida das pessoas, independentemente de sua religião.

Por que a Páscoa cai todo ano em datas diferentes?

Os cristãos estabelecem a Páscoa no primeiro domingo após a primeira lua cheia (ou depois), no equinócio vernal — o dia em que a maior parte da Terra experimenta horas quase iguais de luz solar e noturna —, o que sinaliza a chegada do outono no Hemisfério Sul. É por isso que a Páscoa cai em uma data diferente a cada ano.

Por que o coelho da Páscoa põe ovos?

Ainda segundo a mesma teoria em busca do significado do coelho da Páscoa, a deusa Eostre transforma um grande pássaro — seu animal favorito — em um coelho. Mas outras suposições acreditam que a deusa prolongou o inverno e chegou com o atraso de um ano.

Sentindo-se culpada, ela decidiu salvar a vida de um pássaro cujas asas haviam congelado. Então, com compaixão pela ave, que não conseguia mais voar, ela a transformou em um coelho de neve, que podia superar caçadores e botar ovos de cores vivas.

O único problema era que o coelho só podia produzir seus ovos especiais uma vez por ano, durante o festival de Eostre. E, assim, o coelho da Páscoa com significado que conhecemos hoje surgiu e passou por diversas modificações.

Quando a Páscoa passou a ser uma festa cristã?

Como dito, o feriado era originalmente uma celebração pagã, e a origem da Páscoa tem raízes que remontam à história pré-cristã e anglo-saxônica. Assim, os anglo-saxões adoravam o coelho, acreditando ser a encarnação de Eostre.

Quando os anglo-saxões foram convertidos ao cristianismo, o feriado pagão foi combinado com a celebração cristã e recebeu o nome de Páscoa.

A partir daí, qual o significado do coelho na Páscoa e sua real origem não era muito questionado, apenas a ressurreição de Jesus Cristo passou a simbolizá-la.

*Informações Petz


+ Curiosidades