Formula Chopp

Você sabe quais os hábitos alimentares que podem acabar interferindo no seu sono?

  • Dayse Cruz
  • Publicado em 17 de março de 2021 às 23:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

As escolhas alimentares podem fazer toda a diferença quando se trata de uma boa noite de sono

Mudar alguns hábitos pode ajudar a melhorar a qualidade do sono

 

As escolhas alimentares podem fazer toda a diferença quando se trata de uma boa noite de sono.

Se você tem dificuldade em adormecer e não consegue dormir, ou acorda cansado, pode ser hora de observar o que e quando está comendo.

Estes oito hábitos alimentares podem fazer você passar noites em claro, então evite-os para ter um sono ininterrupto:

1 – Consumir muita cafeína
A cafeína pode interferir no sono mesmo quando consumida até seis horas antes de dormir, de acordo com um estudo.

Além do café, a cafeína é encontrada no chá, refrigerantes, energéticos e chocolate.

2 – Comer em grande quantidade
Aquela grande massa cremosa ou bife no jantar pode parecer atraente se você não tiver comido muito durante todo o dia, mas uma refeição grande e pesada pode causar inchaço, dificultando o adormecimento ou a permanência no sono.

Além disso, a gordura leva mais tempo para ser digerida e pode causar desconforto ao se deitar. Tente evitar refeições com alto teor de gordura no jantar e espere pelo menos duas horas depois de comer antes de ir para a cama.

3 – Consumir muito açúcar
Evite lanches na hora de dormir que contenham muito açúcar, que podem atrapalhar o sono.

“Pesquisas sugerem que a ingestão elevada de açúcar pode predispor as mulheres na pós-menopausa a suores noturnos”, afirma Nancy Z. Farrell Allen, nutricionista registrada na Virgínia e porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética.

4 – Alimentos apimentados
Alimentos picantes podem contribuir para a azia, dificultando o sono e causando desconforto durante a noite. Limite ou evite pimentas, curry e outros alimentos quentes.

Além disso, alimentos altamente ácidos, especialmente refrigerantes, podem contribuir para o despertar noturno, explica Zamitt.

5 – Álcool
Tomar uma taça de vinho ou uma bebida antes de dormir pode ajudá-lo a adormecer, mas também pode perturbar seu sono durante a noite, ressalta Farrell Allen.

“Limite o consumo de álcool tarde da noite a 1 a 2 porções padrão, intercaladas com água, e certamente pare algumas horas antes de dormir para dar ao seu corpo tempo para processar essas bebidas”, aconselha.

6 – Excesso de líquidos
Consumir grandes quantidades de qualquer líquido à noite pode aumentar a frequência de idas ao banheiro, contribuindo para despertar durante a noite.

Tente evitar líquidos perto da hora de dormir para ajudar a garantir uma noite de sono ininterrupta.

Sem dúvida, pode ser difícil mudar de hábitos, mas as mudanças valerão a pena a longo prazo.

Se precisar de ajuda, não hesite em procurar um médico ou um nutricionista, sugere Zammit.

Além disso, os profissionais recomendam fazer uma mudança de hábito de cada vez. Isso ajuda e criar um caminho sólido para um sono mais profundo.

*Informações CNN


+ Bem-estar