Covid: suspeita na Câmara fará vereadores de Franca passarem por teste

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 2 de agosto de 2020 às 10:48
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 21:03
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Os testes foram disponibilizados pela Prefeitura Municipal e serão realizados no gabinete de cada parlamentar

Além de vereadores, servidores do Legislativo francano deverão passar pelo teste - proteção à saúde é o objetivo

Uma suspeita de Covid 19 fez com que o presidente da Câmara Municipal de Franca, pastor Palamoni, solicitasse à Prefeitura testes rápidos para que servidores e vereadores pudessem passar por uma avaliação.

Palamoni explicou ao Jornal da Franca que a Covid 19 é uma doença séria e tanto servidores quanto parlamentares correm o risco de contrair o vírus. Ainda mais que houve uma suspeita em um servidor do Legislativo.

Por isso, os vereadores e servidores da Câmara Municipal de Franca serão testados para o novo coronavírus (covid-19) nesta semana. Os testes rápidos foram disponibilizados pela Prefeitura Municipal.

A adesão à testagem será voluntária. Quem decidir passar pelo exame deverá preencher um formulário com seus dados pessoais e situação de saúde e entregar à equipe de enfermagem que estará presente na Casa de Leis.

Durante o procedimento, todos os parlamentares e funcionários deverão permanecer em suas respectivas salas, aguardando serem chamados, de forma a evitar aglomerações e manter o distanciamento social.

O presidente da Câmara Municipal, o vereador Pastor Palamoni (PSD), explicou o motivo para a verificação: “O covid-19 é uma doença seriíssima e é preciso adotar medidas incisivas para o seu combate. Ao realizarmos estes testes com nossos vereadores e servidores, estaremos contribuindo para evitar a propagação do vírus ao restante da comunidade francana”, disse. 

O vereador afirmou ainda que “nossa preocupação é grande pois existem servidores em nosso quadro com suspeita para covid-19. Portanto, queremos verificar se existe contaminação entre nós. No caso de alguém testar positivo, iremos orientá-lo a procurar atendimento médico e, assim que houver um parecer do profissional da saúde, afastá-lo pelo período recomendado. Mesmo estando assintomáticos, os contaminados podem passar o vírus pra outras pessoas”