Substitutos do bem: saiba como trocar os alimentos que atrapalham sua dieta

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 30 de outubro de 2020 às 00:42
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 06:55
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Adotar uma dieta de emagrecimento não significa deixar de lado todos os alimentos saborosos do seu dia a dia

Adotar uma dieta de emagrecimento não significa deixar de lado todos os alimentos saborosos do seu dia a dia, mas investir em substitutos do bem que podem turbiná-la e favorecer a perda de peso. 

Isso porque, enquanto algumas opções são vilãs desse processo, outras auxiliam na redução de medidas para que você possa alcançar os seus objetivos.

Substitutos do bem para incluir no cardápio

Pão → tapioca​

Você já deve ter ouvido falar que o pão é um dos grandes inimigos do emagrecimento. 

Um substituto do bem para o café da manhã ou da tarde é a tapioca, que também é uma potente fonte de energia com rápido preparo. 

Para variar o sabor e aumentar os benefícios da refeição, você também pode adicionar grãos ricos em fibras na receita, como a chia.

“Seu principal nutriente é o carboidrato, mas a tapioca também contém vitaminas do complexo B, B1, B6, ácido fólico e minerais”, destaca a nutricionista Christiane Bergamasco.

Queijos amarelos → queijos brancos​

Os queijos amarelos, como muçarela e prato, possuem alto valor calórico e são alimentos bastante gordurosos. 

Que tal substituí-los por opções mais saudáveis, como os queijos brancos? Os queijos minas, ricota e cottage são deliciosos e muito bem-vindos para quem busca emagrecer.

Carnes gordas → carnes magras​

As carnes são importantes fontes de ferro e proteína, mas podem ser verdadeiras vilãs quando o assunto é gordura. 

Por isso, é melhor optar por cortes magros, como o acém e a alcatra, que são substitutos do bem.

“Os cortes gordos são ricos em gordura saturada e ácido araquidônico, um tipo de gordura que facilita a disposição de colesterol na parede dos vasos sanguíneos, além de serem muito calóricos”, explica a nutróloga Tamara Mazaracki.

Açúcar → coco​

A fruta possui vários nutrientes e ainda deixa um gostinho saboroso e adocicado nas receitas. 

“O coco apresenta antioxidantes, fortalece o sistema imunológico, regula o intestino e a glicemia”, conta a nutricionista Isabel Andrade. 

Além disso, você também pode substituir o açúcar pelo uso do mel e do adoçante natural de estévia.

Refinados → integrais​

Se você não consegue ficar sem carboidratos, como arroz, macarrão e farinha, que tal trocá-los por substitutos do bem? 

Os alimentos integrais são digeridos de forma mais lenta e, por isso, reduzem a quantidade de açúcar liberada no organismo. Fica a dica!

Industrializados → naturais​

Na dieta, é importante evitar o consumo de qualquer alimento industrializado ou enlatado. 

Apesar da praticidade, a quantidade de aditivos químicos inseridos nesses produtos pode, a longo prazo, ser prejudicial à saúde e ao emagrecimento.

“O consumo excessivo de produtos industrializados tende a gerar intoxicações complexas no organismo, além de prejudicar o metabolismo orgânico”, explica a nutricionista Eliane Petean Arena.

Viu como é possível emagrecer por meio de trocas inteligentes? 

Além de aderir aos substitutos do bem, lembre-se de que o acompanhamento com um nutricionista ou nutrólogo é fundamental para a elaboração de um plano alimentar de acordo com as suas características individuais. 

Na dúvida, sempre procure um profissional especializado!

*Informações Alto Astral