Saiba como conciliar alimentação equilibrada com as festas de fim de ano

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 24 de dezembro de 2020 às 23:32
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:36
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​As festas desta época costumam resultar em exageros gastronômicos e etílicos

As festas desta época costumam resultar em exageros gastronômicos e etílicos. 

Este 2020, ano em que as comemorações precisam ser mais contidas e regradas por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus, pode representar a oportunidade para experimentar uma ceia de Natal mais frugal, não tão pautada pelos excessos.

“O momento é de mudança de hábitos, da busca por mais leveza e tranquilidade, e isso deve ser levado para as escolhas alimentares”, sugere a nutricionista Isabela Zago.

A nutricionista Laura de Souza Silva, explica que adaptações no cardápio tradicional aliadas a mudanças de atitude são suficientes para que o jantar de Natal ou de Ano-Novo não sejam motivo de arrependimento no dia seguinte. 

“Uma dica simples é esperar o jantar e não se distrair com os salgadinhos que costumam ser servidos antes”, sugere.

Veja seis sugestões simples repassadas pelas profissionais de saúde para conciliar uma alimentação saudável nas festas de fim de ano:

– Priorize as saladas antes do prato principal: começar a ceia com um bom prato de salada com folhas, verduras e legumes garante a ingestão de fibras que facilitarão a digestão da comida;

– Utilize grãos e leguminosas nas receitas: quinoa, arroz integral, grão-de-bico, lentilha e ervilhas frescas são escolhas saborosas que deixarão os pratos mais saudáveis;

– Troque o creme de leite e a maionese: muitos pratos tradicionais desta época levam creme de leite ou maionese. Substitutos mais saudáveis são queijo cottage, iogurte natural ou ricota fresca;

– Prefira as carnes magras: lombo de porco, peru, bacalhau, chester, frango e peixes são escolhas mais leves e saudáveis;

– Na hora da sobremesa, prefira as frutas: uma mesa com opções de frutas da estação, frutas secas e castanhas pode substituir as opções calóricas de doces aos quais estamos acostumados. 

Mas se essa é a melhor parte da festa para você, busque um doce cuja base seja o cacau 70%, há várias opções deliciosas;

– Modere o consumo de álcool: as bebidas são bastante calóricas, por isso a indicação é de que sejam evitadas. 

No entanto, se você não dispensa os drinques, procure consumi-los com moderação – e não se esqueça de tomar água.

Por fim, um conselho importante, repetido pelas duas profissionais: se você leva uma vida saudável – com alimentação equilibrada e exercícios físicos frequentes –, não se cobre tanto. 

O máximo que pode acontecer é uma retenção de líquidos provocada pelo consumo maior de sódio, álcool e carboidratos. No dia seguinte, apenas capriche na ingestão de água, água de coco e frutas cítricas.

*Informações Metrópoles