Aproximação rara entre Júpiter e Saturno será ao anoitecer de hoje. Saiba

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 21 de dezembro de 2020 às 15:02
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:16
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Distância entre Júpiter e Saturno será de 10,8271 unidades astronômicas, ou seja 1.619.711.106 quilômetros.

Em 21 de dezembro de 2020, exatamente no dia que ocorre o solstício de verão para o Hemisfério Sul, e o solstício de inverno no Hemisfério Norte, os terráqueos poderão contemplar a olho nu, com binóculo ou telescópio uma rara aproximação entre Júpiter e Saturno. 

Vistos da Terra, Júpiter e Saturno estarão muito próximos entre si. Será a menor aproximação entre estes planetas em quase 397 anos e a próxima vez que se poderá ver novamente esta situação será só no ano de 2040.

Condições meteorológicas para o evento

No Brasil, esta rara aproximação entre Júpiter e Saturno poderá ser contemplada sem problemas com a chuva ou excesso de nuvens nos estados do Rio Grande do Sul, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, na parte norte do Piauí e no norte do Maranhão, incluindo as capitais de todos estes estados. 

Há uma chance relativamente boa de observação também no Espírito Santo.

Para os demais estados e capitais brasileiras, a chance de visualização será baixa porque a previsão é de muita nebulosidade pouco depois do pôr do sol, além do alto risco de chuva.

O que é uma conjunção?

No campo da ciência astronômica, uma conjunção ocorre quando o ângulo entre Sol e o planeta, observado da Terra, é igual a zero. 

Para os planetas exteriores, como o caso de Júpiter e Saturno, o que ocorrerá neste dia 21 de dezembro de 2020 pode ser compreendido na figura abaixo.

De acordo com a figura acima, é possível perceber que, quando observado da Terra, os planetas Júpiter e Saturno não estarão em um ângulo zero, em relação ao Sol, mas terão uma separação angular extremamente pequena.

Próximos, mas nem tanto

No exato momento que teremos a menor separação angular entre Júpiter e Saturno, no dia 21 de dezembro de 2020, às 15 horas e 20 minutos (horário de Brasília) esses dois planetas estarão com uma separação angular de 0º 06′ 06″. 

E aqui entra o termo “aparente”. Pois, quando observados da Terra, aparentemente esses dois planetas estão próximos. 

Mas, quando na verdade, a distância entre Júpiter e Saturno será de 10,8271 unidades astronômicas, o que significa 1.619.711.106 quilômetros.

Como ver o evento?

Os planetas estarão mais próximos no dia 21 de dezembro, mas a “Estrela do Natal” será visível de qualquer lugar da Terra por cerca de uma hora após o pôr do sol no hemisfério norte durante toda a quarta semana de dezembro.