Formula Chopp

Não é só no Brasil que Covid atrapalha o esporte: Super Bowl tem queda de audiência

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 10 de fevereiro de 2021 às 15:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Índice registrado este ano é o menor desde 2006, segundo Rede CBS: 92 milhões de expectadores

Atletas durante grande decisão do futebol americano; campeonatos seguem, mas não com o mesmo apelo

A transmissão do Super Bowl na rede CBS no último domingo (7) atraiu uma audiência televisiva média de cerca de 92 milhões de espectadores, aproximadamente 9% menos do que a final da NFL do ano passado, informam dados da consultoria Nielsen divulgados nesta terça-feira (9).

A audiência televisiva do jogo na CBS foi a mais baixa desde 2006. A cifra inclui pessoas que assistiram em suas televisões em casa e em bares e restaurantes.

Na disputa deste ano, o quarterback Tom Brady levou o Tampa Bay Buccaneers a uma vitória de 31 a 9 sobre o Kansas City Chiefs (este foi o sétimo triunfo de Brady no Super Bowl).

A audiência televisiva do jogo, o maior acontecimento anual da TV norte-americana, teve um pico de 114,4 milhões em 2015.

O público tem se voltado para plataformas de streaming nos últimos anos, e a CBS disse que a partida de domingo foi a mais vista da NFL ao vivo na internet em toda a história.

A audiência de streaming foi em média de 5,7 milhões de pessoas em várias propriedades digitais, informou a emissora.

O confronto deste ano em Tampa, na Flórida, foi o ápice de uma temporada que chegou a ser dúvida, já que o coronavírus se espalhou pelos Estados Unidos e transtornou o mundo do esporte profissional.

A queda da audiência televisiva do jogo está alinhada a um declínio de audiência de jogos da NFL nesta última temporada.


+ Esportes