Gilson de Souza exonera Lucas Verzola após derrota nas urnas em Franca

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 26 de novembro de 2020 às 21:40
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 09:40
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Filho do radialista Verzola, que morreu no início de outubro, Lucas é demitido da ouvidoria da PM de Franca

Lucas Verzola, que assumiu o programa televisivo do pai Verzola, com o prefeito Gilson de Souza - exoneração ocorreu 2 meses depois da morte do radialista francano (foto: Rede Social, Lucas Verzola)

Uma portaria publicada na edição de ontem no Diário Oficial do Município revela a exoneração, a partir do dia 26 de novembro, do advogado e filho do radialista Paulo Roberto Verzola, Lucas Alexandre Tasso Verzola.

Lucas ficou perplexo com a exoneração, uma vez que Gilson de Souza, esteve no velório e sepultamento do radialista Verzola, e ainda decretou 3 dias de luto no Município.

A portaria 329, de 25 de novembro de 2020 dispõe sobre exoneração e nomeação de cidadãos para Gratificação de Função.;

Lucas Verzola durante os últimos meses ocupava o cargo de Chefe de Setor de Ouvidoria, junto à Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Na publicação, o prefeito por meio da Secretaria de Recursos Humanos fará constar em suas fichas funcionais os agradecimentos do Governo Municipal, pelos serviços prestados à municipalidade.

A exoneração de Lucas foi meramente política, uma vez que ele já nomeou para o cargo uma das pessoas que sempre defendeu nas campanhas, redes sociais e outras atividades: Luís Marcelo Ramalho. 

A partir de 26 de novembro de 2020, para exercer as atribuições do cargo de Chefe de Setor de Ouvidoria foi nomeado Marcelo Ramalho.

Não se sabe se Gilson vai nomear Lucas em outro cargo público nos próximos dias. Há informações de que ele possa ocupar cargo na Emdef – Empresa Municipal para o Desenvolvimento de Franca.


+ Política