Formula Chopp

Funcionários do pronto-socorro contaminados são uma preocupação, diz vereador

  • Marcia Souza
  • Publicado em 5 de maio de 2021 às 14:00
  • Modificado em 5 de maio de 2021 às 16:03
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Pelizaro levantou a possibilidade da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar os casos dos “fura-filas”

Pelizaro levantou a possibilidade da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar os casos dos “fura-filas”

Pelizaro também comentou a possibilidade da instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar os casos dos “fura-filas”

O vereador Gilson Pelizaro apontou para um problema relevante de Franca: a contaminação pelo coronavirus de servidores do pronto-socorro de referência do município.

O vereador petista, durante discurso na Câmara, prestou solidariedade às famílias dos 518 francanos vítimas da covid-19.

Membro da frente parlamentar de combate ao coronavírus da Câmara, ele afirma que o grupo irá investigar casos de servidores do pronto-socorro “Dr. Álvaro Azzuz” que contraíram a doença. Alguns estão intubados e outros até mesmo faleceram.

Pelizaro também comentou a possibilidade da instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar os casos dos “fura-filas” na vacinação contra a covid-19.

“Não temos elementos para abrir uma CPI ainda. Quando a lista integral da vacinação chegar, só Deus sabe. Até agora, a Prefeitura está proporcionando toda a transparência possível. A Câmara não tem autonomia para criminalizar quem tomou a vacina sem poder, mas pode investigar quem autorizou a imunização. A Câmara não deve se omitir”, declarou.

A entrega da relação à frente parlamentar deve acontecer em breve. Por fim, Gilson questionou, inclusive via ofício, o motivo pelo qual a ESAC (Escola de Aprendizagem e Cidadania de Franca) não está pagando seus funcionários da Área Azul.


+ Política