Formula Chopp

Empresas com tecnologia “a lenha” não vão ter espaço no concorrido e moderno mercado

  • Marcia Souza
  • Publicado em 30 de maio de 2021 às 12:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Gerente de inovação e tecnologia do Senai expõe jornada criada para implantar a transformação digital nas empresas

 

Gerente de inovação e tecnologia do Senai expõe jornada criada para implantar a transformação digital nas empresas

A Indústria 4.0 não é privilégio apenas de empresas de grande porte que suportam investimentos pesados; ela também pode fazer parte do dia a dia de pequenas e médias empresas.

Olhando para isso, a Jornada SENAI para a Transformação Digital foi realizada focando o desenvolvimento das empresas e indústrias com uma metodologia que traça um plano de evolução tecnológica e produtiva envolvendo oito passos.

Neste mês de maio, o gerente de Inovação e Tecnologia do SENAI-SP, Osvaldo Lahoz Maia, comandou uma live falando mais sobre esses oito passos e a Jornada SENAI em evento realizado pela AESB – Associação de Ex-Alunos da Escola Senai Suiço Brasileira.

Maia falou mais sobre como a Jornada funciona, como participar e alguns resultados de sua aplicação, que já aconteceu em mais de mil empresas.

Ele também descreveu os oitos passos desta trilha de capacitação:

Entendimento; Diagnóstico; Otimização de Processos; Mapeamento; Automação; Digitalização; Integração e Indústria Inteligente.

Ou seja, passos que vão desde criar uma cultura corporativa sobre o tema da Indústria 4.0 dentro da empresa (Entendimento), passando pela aplicação de Manufatura Enxuta e Eficiência Energética (Otimização de Processos).

E também pode ser incluir a implementação de hardwares e softwares para promover um ambiente propício a` digitalização (Automação) e a integração dos sistemas da empresa, permitindo o uso de IoT e Cyber Segurança.

O ponto alto da trilha é a Indústria Inteligente – o mais alto nível tecnológico, alcançado por meio do uso de inteligência artificial.

Essa é a etapa em que os sistemas conseguem fazer uma análise de quais são as tendências e quais ajustes podem ser feitos para otimizar a produção.


+ Tecnologia