Descubra como vender moedas antigas e raras no Brasil — e ganhar um bom dinheiro!

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 23 de julho de 2021 às 13:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

É possível que aquele níquel no fundo da gaveta, passado de geração em geração, tenha valor e possa ser vendido para colecionadores

Moedas antigas podem valer uma boa grana!

 

Uma moeda dos tempos do Império, cunhada em 1822, rendeu ao seu dono US$ 500 mil em um leilão realizado em 2014 e se consagrou como a moeda brasileira mais cara da história.

Achados como esse são absolutamente raros, mas é possível que aquele níquel no fundo da gaveta, passado de geração em geração, tenha valor e possa ser vendido para colecionadores.

O primeiro passo é, claro, fazer uma avaliação sobre o valor da moeda. Neste caso, a recomendação é procurar uma loja especializada, virtual ou física, ou até casas de leilão numismático.

Uma das casas de leilão que opera física e virtualmente é a Brasil Moedas Leilões. Pelo site é possível cadastrar o item e enviar para avaliação.

Depois disso, a casa notifica o valor da moeda e, caso seja do interesse do dono, ela é colocada à venda.

Já na Tenor & Pellizzari, o cadastramento da moeda para venda pode ser feita pelo site, com envio de fotos e informações que serão avaliadas pelos responsáveis do leilão.

A Sociedade Numismática Brasileira divulga em seu site outros compradores, tanto casas de leilões e lojas quanto pessoas físicas, que adquirem as peças para compor suas coleções.

Outra forma de encontrar comerciantes é buscando em catálogos especializados de numismática, na parte de anúncios, além de eventos de compra e venda de moedas na região.

No site Numismáticos é possível ver o calendário de encontros de colecionadores para tentar vender diretamente aos potenciais compradores.

Marketplaces

Grandes marketplaces como Ebay, Mercado Livre e Enjoei também podem ser boas plataformas de venda de moedas. Aliás, as duas primeiras opções podem ajudar a vender para o mercado estrangeiros.

A dica para vender por grandes marketplaces é usar as plataformas como chamariz, mas fechar a venda pessoalmente, marcando um encontro em local público.

Em casos de negociação com compradores estrangeiros, onde o encontro é inviável, é aconselhável se atentar ao histórico nas plataformas para realizar a negociação com segurança.

*Informações CNN


+ Curiosidades