​Começa o desmonte na Administração do prefeito Gilson de Souza

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 18 de novembro de 2020 às 18:11
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Assessores direto do Prefeito de Franca são exonerados após a vergonhosa derrota nas urnas

Gilson de Souza quando eleito em 2016 tinha ajuda de grandes personalidades, mas deixou que abandonasse o governo - agora nas urnas de mais de 90 mil votos, Gilson teve menos de 10% dos votos

Com uma votação pífia nas eleições de 2020, em Franca, o prefeito Gilson de Souza, começou o seu desmonte na Prefeitura.

Junior Martiniano, assessor de comunicação, foi o primeiro a ser exonerado; depois foi o assessor de políticas públicas, Afonso Theodoro; e seguida da de Alexandre Diniz, conforme portarias publicadas.

Embora procurado pela reportagem para se pronunciar sobre seus quase 10 mil votos, ao contrário de 2016 quando teve 90.817 votos, depois de concorrer com Sidnei Rocha, Gilson de Souza não respondeu aos chamados.

O candidato do DEM sequer somou 10% dos votos e ainda não elegeu seu irmão, Nirley de Souza, a vereador. Ele tinha quebrado a hegemonia do PSDB que estava no governo do Franca havia 11 anos.

Porém, Gilson não conseguiu fazer um bom governo. Seus principais aliados abandonaram o “barco” pela instrangigência em seu governo. 

Profissionais experientes – que ajudaram a elegê-lo – não entraram em sintonia com Gilson. E seu conceito só foi caindo e, a prova disso foi o resultado das urnas em 2020. 

  • Flávia Lancha (PSD): 35.338 votos – 24,61%
  • Alexandre Ferreira (MDB): 27.772 votos – 19,34%
  • João Rocha (PSL): 25.860 votos – 18,01%
  • Adérmis Marini (PSDB): 22.203 votos – 15,46%
  • Bruxellas (PT): 17.375 votos – 12,10%
  • Gilson de Souza (DEM): 9.664 votos – 6,73%
  • Marília Martins (PSOL): 3.578 votos – 2,49%
  • Orivaldo Donzelli (PTB): 1.809 votos – 1,26%

Com 35.338 votos (24,61%), Flávia Lancha foi para o segundo turno com Alexandre Ferre3ira que alcançou 27.772  – o que representa 19,34% do total.

ABSTENÇÃO

O Colégio Eleitoral de Franca é formado por 238.100 eleitores. 

A eleição em Franca teve 29,32% de abstenção, 7,31% de votos brancos e 7,37% de votos nulos.

Ao todo foram para o lixo 44% dos votos válidos, chegando a 104.720 mil do total de eleitores.