Bispo envia mensagem de Natal e pede cuidados com aglomerações

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 21 de dezembro de 2020 às 12:50
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:16
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

É bom celebrar o Natal com essa convicção de que aquele que acolhemos é a causa de nossa alegria e esperança

Na mensagem, Dom Paulo pede que as pessoas sejam conscientes sobre o isolamento por conta da Covid 19

O bispo francano, dom Paulo Roberto Beloto, emitiu nesta segunda-feira (21) mensagem de Natal a todos os francanos e pessoas que pertencem a região da Diocese de Franca.

Na mensagem, Dom Paulo pede que as pessoas sejam conscientes sobre o isolamento por conta da Covid 19 e, que as aglomerações devem ser evitadas, já que a chegada da vacina é aguardada com muita esperança.

Em um dos trechos da carta, Dom Paulo diz que neste Natal é fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria” (DAp, 29). Encerrando um ano de tantas incertezas e desafios, é bom celebrar o Natal com essa convicção de que Aquele que acolhemos é a causa de nossa alegria e esperança, pois Ele nasce para nos salvar e revelar o amor de Deus. A sua presença é fonte de graça e salvação.

Acompanhe a mensagem:

Franca, 21 de dezembro de 2020.

“E a Palavra se fez carne e veio morar entre nós” (Jo 1,14).
NATAL 2020

Queridos irmãos e irmãs,
Povo de Deus da Diocese de Franca.

O Documento de Aparecida diz que: “conhecer a Jesus é o melhor presente que
qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas
vidas, e fazê-lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria” (DAp, 29).

Encerrando um ano de tantas incertezas e desafios, é bom celebrar o Natal com
essa convicção de que Aquele que acolhemos é a causa de nossa alegria e esperança,
pois Ele nasce para nos salvar e revelar o amor de Deus.

A sua presença é fonte de
graça e salvação.
Estamos na expectativa e ansiedade de vacinas produzidas pelos grandes
laboratórios mundiais, que sejam seguras e eficazes, aprovadas e distribuídas à
população e que possam nos imunizar contra a Covid-19.

É bom que a ciência dê
esses passos de combate à pandemia e ajude a superar o medo, a insegurança, a
instabilidade, dores e sofrimentos que ela tem provocado.

Mas pedimos que o Menino Jesus, príncipe da paz, faça com que os laboratórios
dos nossos corações acolham a vacina única do amor, da solidariedade, do perdão, da
gratidão, da humildade, da alegria, da vida e da paz, que só Ele pode oferecer.

Que sejamos vacinados e imunizados contra o vírus do egoísmo, da ganância,
do fechamento, do preconceito e da insegurança.

Digamos sim ao Natal e à esperança que ele nos traz.
Confiemos em Deus.

Com carinho, meus sinceros votos de Feliz Natal e próspero Ano Novo.

DOM PAULO ROBERTO BELOTO
Bispo Diocesano.