Formula Chopp

Após polêmica com Globo, Camila Queiroz assume ‘Casamento às Cegas’ com o marido

  • Nene Sanches
  • Publicado em 3 de fevereiro de 2021 às 05:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Segundo a Netflix, a versão brasileira de ‘Love Is Blind’ deve estrear no canal de streaming ainda neste ano

(Folhapress) – Camila Queiroz, 27, foi confirmada nesta terça-feira (2) que será uma das apresentadoras do programa “Casamento às Cegas”.

A atriz vai dividir o comando da atração com o marido, o ator Klebber Toledo, 34. Segundo a Netlix, a versão brasileira de “Love Is Blind” deve estrear ainda neste ano.

“Vamos nos emocionar junto com estes solteiros que querem ser amados pelo o que verdadeiramente são. Imagina se entregar e casar com alguém que você nunca viu antes?”, afirma Klebber, em comunicado enviado à imprensa.

Para Camila Queiroz, a experiência de apresentar o reality tem sido fascinante

“As gravações já começaram, pelas mãos da Endemol Shine Brasil, e estou acompanhando tudo isso de perto, num ambiente que não deixa dúvidas sobre as conexões afetivas que eles estão construindo”.

A premissa de “Casamento às Cegas” é que, ao privilegiarem as aparências físicas, o Tinder e aplicativos de namoro estão arruinando os relacionamentos amorosos.

A solução do programa para essa angústia contemporânea é, então, submeter os competidores a encontros às cegas em que vendas não são suficientes.

Mulheres e homens são separados em alas. Por dez dias, conversam com suas possíveis almas gêmeas de cabines estofadas, à prova de som, por meio de um sistema de alto-falantes.

É só depois de noivarem, no entanto, que eles se encontram pessoalmente. A partir dali, têm 30 dias para descobrir se os papos apaixonados das salinhas sobrevivem à vida real.

E decidir, na frente de familiares, amigos e muitas câmeras, dizer o “sim” decisivo. As gravações da primeira temporada da versão brasileira em meados de janeiro no Rio de Janeiro, segundo o colunista Fefito, do UOL.

Na semana passada, Camila Queiroz enviou um comunicado à imprensa para dizer que não havia “traído” a Globo com a sua decisão de romper seu contrato fixo para firmar acordos temporários, no qual o ator passa a receber por obra a que for convidado a participar.

“Desde dezembro de 2020, a TV Globo foi informada da decisão da atriz e a mesma em momento nenhum prestou serviços para outra empresa, sem o conhecimento da casa. É de comum acordo e alinhados juridicamente que seguimos normalmente nosso trabalho com a emissora”, afirmou.

A atriz disse ainda que o clima com a emissora estaria bom a ponto de ela continuar escalada para fazer Angel, a protagonista de “Verdades Secretas 2”, que tem previsão de estreia para 2021 no Globoplay.

Em dezembro de 2020, durante painel da CCXP, a diretora Amora Mautner afirmou que as gravações deveriam começar a partir de março de 2021.

A continuação da história de Angel (Camila Queiroz) se passa seis anos após término da primeira e terá a participação de Rômulo Estrela.

O contrato por obra, como a atriz tem agora com a Globo, segue as novas dinâmicas de relação da emissora com seus talentos, que já levaram à dispensa de outros nomes, inclusive do primeiro escalão do canal, como Glória Menezes e Tarcísio Meira, Antônio Fagundes, Miguel Falabella, Malu Mader e Carolina Ferraz.


+ Um Toque a +