Professores temporários da rede estadual escolherão aulas e classes dias 28 e 29

Aulas terão início no dia 1º de fevereiro; em Franca são mais de 30 estudantes retornando de férias

Postado em: em Educação

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo deu início ao processo de atribuição de aula e classes para professores da rede estadual. De acordo com o calendário, a escolha para docentes com contrato vigente ou candidato à contratação (categoria O) está marcada para 28 e 29 de janeiro em todo o Estado. Em 2019, as aulas começam no dia 1º de fevereiro. 

A conquista foi feita a partir da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar a proibição de contratos temporários no serviço público determinada pelo Tribunal de Justiça no ano passado. A ação, expedida no o último dia 12, foi favorável ao Governo do Estado.

“Felizmente, conseguimos reverter o problema deixado pela gestão passada e evitamos que 2,5 milhões de alunos pudessem ficar sem aulas pela falta de professor. Das 91 Diretorias de Ensino, 38 tinham chance de ser afetadas pela suspensão dos contratos”, afirma o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

Com a deliberação, todos os professores temporários cadastrados no sistema estão aptos a participar do processo de seleção. Durante o período, os profissionais decidem em quais unidades e horários vão atuar ao longo do ano letivo. 

“Não poderíamos permitir a falta de professores em sala de aula para o ano letivo de 2019 da rede estadual de educação”, enfatiza o governador João Doria.



Artigos Relacionados