Aplicativo Caixa Tem poderá oferecer microcrédito a informais

O banco está elaborando uma linha de mirocrédito para ser oferecida para os trabalhadores informais

Postado em: em Economia

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que o banco está elaborando uma linha de mirocrédito para ser oferecida para os trabalhadores informais "descobertos" pelo auxílio emergencial. Segundo o banco, 37 milhões de pessoas que hoje recebem o benefício não tinham conta em banco e não estavam no cadastro do governo.

Mais informações sobre a linha de crédito serão divulgadas em breve. A ideia é oferecer o crédito pelo aplicativo Caixa Tem.

"Estamos discutindo um grande programa de microcrédito para o pós-auxílio. Isso só é possível porque temos o celular, porque conseguimos atingir milhões de pessoas de forma eficiente", afirmou Pedro Guimarães, em uma live da Caixa

Ele afirmou ainda que antes essas pessoas fora do sistema financeiro não tinham acesso a crédito, ou tinham por meio de agiotas e financeiras a juros muito altos. A perspectiva é oferecer por essa linha uma taxa de juros de até 10% ao mês.

O governo acredita que o programa de microcrédito é importante para o momento do fim do auxílio.

"Vamos buscar todos os meios disponíveis para fazer a junção dos programas e, ao fazer a junção, mesclar dinheiro público, dinheiro privado, da sociedade, do terceiro setor e o universo de possibilidades e oportunidades que o auxílio acabou nos ensinando com a evolução do Cadastro Único", afirmou, Antônio Barreto, secretário-executivo do Ministério da Cidadania.


Artigos Relacionados