Formula Chopp

Unir cálcio e vitamina D pode garantir mais saúde à mulher – saiba como

  • Dayse Cruz
  • Publicado em 14 de março de 2021 às 13:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A combinação entre cálcio e a Vitamina D3 é fundamental para o metabolismo ósseo e a deficiência de qualquer um deles irá prejudicar que esse processo se realize

Estudos comprovam a importância da ingestão de Cálcio  aliado à vitamina D

 

Já é comprovada por diversos estudos a importância da ingestão da vitamina D.

Contudo, ela precisa ser aliada ao cálcio para garantir a absorção do mineral pelo organismo. E, a reposição desses nutrientes é muito importante para as mulheres, principalmente com o passar da idade.

“Para as mulheres a vitamina D é ainda mais importante na terceira idade e na menopausa, pois tem a função regulatória de hormônios, por isso, não deve ter deficiência dessa vitamina”.

“Nestes casos, vale uma avaliação médica para suplementar. Este segmento evoluiu muito nos últimos anos, com opções mais práticas do que comprimidos, inclusive com uma nova geração em formato de gomas que suprem as necessidades diárias de Vitamina D e Cálcio”, destaca Doutor Daniel Magnoni, chefe de nutrologia do Instituto Dante Pazzanese.

Vale ressaltar que o cálcio é ideal para manter a saúde óssea e auxiliar diretamente na prevenção de osteopenia e osteoporose, principalmente entre o público com mais de 60 anos.

A combinação entre cálcio e a Vitamina D3 é fundamental para o metabolismo ósseo e a deficiência de qualquer um deles irá prejudicar que esse processo se realize.

Já a vitamina D é considerado um regulador do sistema imune e auxilia com a absorção de minerais como o cálcio, fundamental na formação de ossos e dentes.

Estima-se que 1 bilhão de pessoas no mundo tenham deficiência ou insuficiência de vitamina D.

Importância

Um recente levantamento da DSM Nutrição e Saúde Humana entrevistou 12 mil pessoas, em 24 países, para entender as percepções e atitudes dos consumidores nas questões de saúde imunológica e nutricional.

Observou-se que cuidar da imunidade é prioridade para 65% dos entrevistados, 62% associam a vitamina D (sem o cálcio) com a boa imunidade e 70% revelaram que consomem suplementos para apoiar o seu sistema imunológico.

“A suplementação de vitamina D é uma ferramenta clínica atual e necessária, principalmente pela baixa exposição ao sol e alimentação inadequada. A melhora da imunidade também passa pelo adequado nível sérico, ou seja, a quantidade de vitamina D que se encontra na corrente sanguínea”, explica.

*Informações SportLife


+ Saúde