Formula Chopp

Taxa abusiva de entrega por deliveries em Franca vira alvo do Procon – veja aqui!

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 8 de junho de 2021 às 13:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Estabelecimentos de diversos segmentos em Franca têm sido alvo de reclamações por parte dos consumidores nesse período de lockdown

Diversos estabelecimentos em Franca têm pesado a mão no valor da entrega de produtos

 

O Procon de Franca, órgão de Defesa do Consumidor, divulgou um levantamento realizado no período de 31 de maio a 2 de junho, sobre os valores cobrados para a taxa de entrega de produtos pelo sistema delivery de estabelecimentos comerciais, durante o período de lockdown na cidade.

A unidade tem recebido muitas reclamações sobre a cobrança de preços abusivos e constatou, neste monitoramento realizado em 44 estabelecimentos entre supermercados, varejões, farmácias, lanchonetes, padarias e restaurantes, que as taxas de entrega apresentaram variação, de grátis até o valor de R$ 15, de acordo com o valor da compra, com valor mínimo de R$19,90 a R$ 450,00, dependendo do estabelecimento pesquisado.

As informações que compõem essa pesquisa foram obtidas, por meio de telefones e sites oficiais das empresas.

Diante deste resultado, o Procon orienta que o consumidor faça a opção de efetuar suas compras nos estabelecimentos de seu bairro, tendo em vista que quanto mais próximo da residência, pode até ser isento da taxa e evitando também definir um valor mínimo para a compra.

Outra questão importante é que a pessoa pesquise antes de adquirir um produto e, se possível, já defina a quantidade ideal que irá precisar até o fim do lockdown, isso evita que o consumidor pague a taxa por várias vezes e, por fim, é ideal que o consumidor defina as marcas que deseja para não ficar a escolha do estabelecimento.

É importante lembrar que nas compras feitas fora dos locais, continuam prevalecendo às regras do Código de Defesa do Consumidor.

Em virtude do estado de lockdown, o Procon disponibiliza o e-mail [email protected], para que sejam registradas as reclamações, cujas mensagens deverão apresentar dados, como nome, endereço, data e horário do ocorrido para a devida apuração e processamento.


+ Cotidiano